Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Recurso da Vale

Por Paulo Cesar Magella

02/09/2021 às 07h00 - Atualizada 01/09/2021 às 21h59

A prefeita Margarida Salomão, em documento encaminhado à Câmara, detalhou os projetos que serão beneficiados com a verba de R$ 12 milhões, resultado de acordo do Governo de Minas com a Vale do Rio Doce, em decorrência da tragédia de Brumadinho. Ele atende parcialmente o requerimento, assinado por 11 vereadores, que solicitava que o montante fosse investido em obras de águas pluviais, drenagem e manutenção de maquinários. As obras são relacionadas à infraestrutura como contenção de encostas e de melhorias no córrego de Humaitá, na Zona Norte, que, na altura do Bairro Industrial, historicamente, provoca inundações. O acordo com a Vale prevê um repasse total de R$ 30 milhões para o Município; os outros 18 milhões serão creditados no exercício financeiro de 2022. A prefeita destacou que, além das melhorias no córrego de Humaitá, serão feitas obras de contenção na Rua José Orozimbo de Oliveira, no Bairro Santa Luzia, e na Rua José Lourenço, no Borboleta.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia