Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Flores para alegrar a sua quarentena!

Delivery de plantas é alternativa para presentear ou decorar casa na quarentena

Por Patrícia Alvim

05/07/2020 às 06h58 - Atualizada 24/09/2020 às 19h13

Diante do contexto, todos já sabem que é momento de permanecer em casa para conter a pandemia do novo coronavírus. A quarentena também não é momento de receber visitas: para ser efetivo, o isolamento social significa ficar isolado em casa apenas com as pessoas com quem você mora. No entanto, isso não significa que você não possa preparar uma mesa divertida para alegrar quem vive com você ou para alegrar a si próprio!

Além de deixarem a casa mais colorida, as plantas são verdadeiros símbolos de amor, vida, carinho e cuidado. Não à toa, cada vez mais desejamos nos cercar por elas ou presentear quem amamos com mudinhas e belos arranjos de flores. Por conta do isolamento, muitos buscam soluções para deixar o lar mais acolhedor, e o delivery de plantas desponta como a alternativa ideal para tempos difíceis.
A prática já era comum em algumas lojas e floriculturas, mas o interesse e a busca pelo serviço teve um aumento perceptível após o decreto de quarentena na cidade. Mesmo com o comércio de portas fechadas, ainda é possível fazer a compra de plantas remotamente e recebê-las no conforto e na segurança de casa.

Uma das lojas que fazem esse trabalho em Juiz de Fora é a Beijaflores Floricultura. Com o objetivo de trazer algumas dicas de como montar um belo arranjo em casa, conversamos com o Valtair Lima, que é diretor da floricultura. Hora de deixar sua casa ainda mais linda!

Entrevista:

Patrícia Alvim: Como fazer um belo arranjo para enfeitar a casa?
Valtair Lima: Para montar um arranjo bonito não é preciso encher a jarra de flores, existem várias opções. Uma ideia é usar uma jarra com mix de folhas verdes. O resultado é surpreendente! O que sugiro é deixar um arranjo mais imponente no cômodo principal da sua casa.

Quais dicas para aumentar a durabilidade do arranjo?
Valtair Lima: É necessário trocar a água da jarra diariamente, cortar os caules, ao retornar com a flores no jarro pode acrescentar uma colher de sopa água sanitária para evitar odor. É importante também retirar folhas e flores que vão se desfazendo durante a troca de água.

O conteúdo continua após o anúncio

Quais plantas você recomenda para ambientes com pouca área externa?
Valtair Lima: Se tem pouco espaço no ambiente, é preciso adaptar plantas de grande porte que também podem sobreviver em vasos menores. Porém, é importante não esquecer de regar frequentemente e optar por locais mais claros. Se for um local que tenha sol, existem diversas opções, como zamioculca, pleomele, aspargos, raffis, pata de elefante, ficus, arecas bambu ou palmeira. Outras indicações são camélia, erica japonesa, jasmin do cabo, manacá da serra e rosa do deserto.

Ficha Técnica:
Fotos: Beijaflores Floricultura
Instagram: @beijaflores.decoracoes

Patrícia Alvim

Patrícia Alvim

Sou graduada em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Atuei como modelo e apresentadora do programa Panorama Revista, veiculado na TV Panorama, hoje TV Integração (Rede Globo). Ministro cursos de maquiagem, postura e etiqueta e produzo desfiles, catálogos e editoriais de moda para revistas. Ainda comando e apresento o programa "Moda e Estilo", veiculado na Rádio CBN. Além de escrever para a coluna "Moda e Estilo" inserida no jornal Tribuna de Minas. Sou empresária, diretora de uma agência de modelos e ainda possuo várias plataformas de mídias como Site, Instagram e Fanpage, todas com sucessos recordes de visitações e likes. Outro produto, é a Revista Patrícia Alvim, que está na quarta edição.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia