Tópicos em alta: delivery jf / eleições 2020 / coronavírus / greve / polícia

Novak Djokovic pede desculpas após acertar uma juíza de linha no US Open

Por Pedro Chagas

15/09/2020 às 18h04 - Atualizada 15/09/2020 às 18h04

Novak Djokovic enquanto verifica se a juíza de linha está bem após acertá-la com uma bola em reação à perda de um ponto para Pablo Carreno Busta. Imagem: Reprodução/ETH WENIG/

Novak Djokovic se desculpou por acertar com uma bola uma juíza de linha no US Open. O tenista sérvio disse que está “extremamente arrependido por ter causado tanto estresse a ela”. O número um do mundo foi desqualificado de sua partida da quarta rodada contra o espanhol Pablo Carreno Busta.

O sérvio, de 33 anos, tirou uma bola do bolso e a golpeou para trás de si, acertando a juíza na garganta. “Toda essa situação me deixou muito triste”, disse Djokovic. “Eu procurei saber sobre a juíza e o torneio me disse que, graças a Deus, ela está se sentindo bem.”

Após uma longa discussão, Djokovic foi considerado desclassificado pelos oficiais do torneio em Flushing Meadows. Ele perderá todos os pontos ganhos no US Open e perderá o prêmio em dinheiro que ganhou no torneio. Ele também pode ser multado pelo incidente.

“Quanto à desqualificação, preciso voltar e trabalhar na minha decepção e transformar tudo isso em uma lição para o meu crescimento e evolução como jogador e ser humano”, acrescentou Djokovic em um comunicado no Instagram. “Peço desculpas ao torneio US Open e a todos os associados pelo meu comportamento. Sou muito grato à minha equipe e família por serem o meu apoio, e aos meus fãs por estarem sempre comigo”, completou.

O conteúdo continua após o anúncio

A saída do torneio acabou com suas esperanças de ganhar o 18º título do Grand Slam e diminuir a diferença para Rafael Nadal (19) e Roger Federer (20) na corrida para terminar com o maior número de vitórias masculinas. A vitória era certamente muito esperada pelos fãs e o sérvio já vinha levantando cifras generosas em plataformas de apostas, como é o caso do esporte bet, que mantém nomes importantes em sua lista do US Open.

O que aconteceu?

Djokovic mostrou sua frustração depois de errar o saque e perder por 6-5 contra Carreno Busta no primeiro set. Ele também mostrou um deslize de temperamento dois jogos antes, acertando uma bola em um painel publicitário depois que o espanhol salvou três pontos definidos.

Novak Djokovic enquanto aguarda decisão dos juízes. Imagem: Reprodução/Bem Rothenberg

Leon Smith, capitão da Copa Davis da Grã-Bretanha, disse que ficou “surpreso” com Djokovic não ter recebido uma advertência pelo incidente e sentiu que isso poderia ter evitado a polêmica que se seguiu.

Djokovic defendeu seu caso com o árbitro do torneio Soeren Friemel e o supervisor do Grand Slam Andreas Egli durante uma longa conversa na rede. Por fim, porém, ele aceitou seu destino e apertou a mão de Carreno Busta, que parecia chocado com o que acontecera enquanto esperava em sua cadeira por uma decisão.

Friemel disse que não havia “nenhuma chance de qualquer outra decisão que não a desclassificação de Novak porque os fatos eram muito claros” e que “não havia discrição envolvida”. O árbitro do torneio acrescentou: “O que ele quis dizer foi que ele não acertou o árbitro de linha intencionalmente. Ele disse ‘sim, eu estava com raiva, acertei a bola, acertei o árbitro de linha, os fatos são muito claros, mas não foi minha intenção, eu não fiz de propósito, então eu não deveria ser punido por isso ‘.

Tribuna

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia