Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

O empreendedorismo como um objetivo carreira para as novas gerações

Muito mais que um status, empreender envolve uma forma de pensar e se comportar, você não se torna empreendedor ao ter um negócio de sucesso, e sim quando passar a pautar o seu perfil profissional, ações e decisões como um.

Por Marcelle Larcher

19/11/2021 às 09h04 - Atualizada 19/11/2021 às 09h09

O empreendedor é aquele que… Como você completaria essa frase?

Quando falamos em empreendedorismo, podemos ressaltar diversos aspectos, falar de mercado, carreira, perfil profissional e muito mais! E de fato, vamos falar um pouco sobre tudo isso hoje, mas para começar é importante entendermos o conceito do que é empreender.

O que é empreendedorismo?

Se você buscar por empreendedorismo dicionário, encontrará as seguintes definições.

  1.   Disposição ou capacidade de idealizar, coordenar e realizar projetos, serviços, negócios.
  2.   Iniciativa de implementar novos negócios ou mudanças em empresas já existentes, com alterações que envolvem inovação e riscos.

Realizar, criar algo novo, mudar… tudo isso está ligado ao ato de empreender.

O empreendedor é aquela pessoa dona/sócia do próprio negócio, que busca por desenvolver algo novo, criar seu próprio produto/serviço, método de produção e em alguns casos até mesmo novos mercados.

É aquele que tirou sua ideia e objetivo do papel e partiu para a ação, na maioria das vezes, motivado pela auto realização, pelo desejo de assumir seus próprios riscos e responsabilidades e se tornar independente.

Muito mais que um status, empreender envolve uma forma de pensar e se comportar, você não se torna empreendedor ao ter um negócio de sucesso, e sim quando passar a pautar o seu perfil profissional, ações e decisões como um.

Empreender não é uma opção para todos?

Muitas pessoas têm a concepção do empreendedorismo ligada ao sucesso, o empreendedor é visto como um sinônimo de vida profissional perfeita e dinheiro no bolso, por isso, muitos até chegam a acreditar ser algo para poucos.

Claro que o empreender é algo que com potencial de render bons frutos para aqueles que desejam assumir o risco, porém essa ideia de que é tudo muito fácil e rentável sempre é a romantização de uma jornada repleta de desafios, e dificuldades, onde há uma linha tênue entre o “dar certo” e o “dar errado”.

Dessa forma, será mesmo que essa é uma realidade distante para a maioria das pessoas?

Gerações e carreira: a mudança de paradigma quanto a empreender

Definitivamente essa forma de pensar o empreendedorismo como algo distante já se tornou ultrapassada, principalmente para as novas gerações.

No passado, quando tínhamos a ideia de carreira como algo linear, onde a maioria das pessoas buscava o único objetivo de conseguir um bom emprego e passar anos ali, isso até poderia fazer sentido. Os empreendedores das gerações passadas, se tornaram empreendedores por necessidade, onde por muitas vezes essa era a única opção, na falta de uma boa colocação no mercado.

Mas as novas gerações partem de outro lugar, agora não faz mais sentido essa concepção linear de carreira, a multipotencialidade ganha cada vez mais protagonismo, bem como, a ideia de ficar anos no mesmo emprego, definitivamente, caiu por terra.

Para os jovens de hoje, empreender está muito mais associado à realização individual que a necessidade. Claro que todos almejam o sucesso financeiro, mas a ideia de tirar um sonho do papel, de ser independente e ter autonomia no trabalho tem um peso muito maior para aqueles que decidem seguir a carreira empreendedora.

O conteúdo continua após o anúncio

Comportamentos e habilidades empreendedoras

Ninguém nasce empreendedor, esse perfil profissional é formado ao longo da vida, com muito estudo, determinação e com uma visão de carreira assertiva.

Para você que está se perguntando, o que é preciso para ter o próprio negócio, podemos traçar alguns comportamentos e habilidades empreendedoras que são essenciais:

Busca constante por conhecimento:

Hoje, há uma quantidade imensa de informação disponível e sempre haverá algum assunto novo, ou até mesmo algo que já existe e você não deu atenção antes, conhecimentos que serão importantes para o seu desenvolvimento. Buscar o conhecimento e conseguir absorvê-lo é necessário para qualquer profissional que não queira ficar para trás.

A ideia de crescimento constante:

Desistir do seu objetivo por conta das dificuldades ou obstáculos não é uma opção. Uma mente empreendedora que busca o sucesso precisará ser incansável.

Saber solucionar os problemas:

Diante de algum imprevisto ou problema que aparecer, o caminho é entendê-lo, usar a criatividade e o conhecimento para poder resolvê-lo e fazer com que não ocorra novamente.

Saber se comunicar e expressar suas ideias:

Para você chegar onde deseja, será fundamental saber expor suas opiniões e, principalmente, usar bem a comunicação para ser compreendido claramente e seus objetivos sejam atingidos.

Potencial para liderar

A liderança é algo fundamental para quem deseja ser dono do próprio negócio. Guiar as pessoas, convencê-las do seu propósito, permitir que elas cresçam junto a você e o seu negócio, tudo isso faz parte de uma jornada empreendedora de sucesso.

Mobilidade na carreira e o gosto por mudanças

Pessoas que trabalham tendo o empreendedorismo como seu norte tendem a não se acomodar. O mundo em que vivemos, assim como o mercado de trabalho e mundo dos negócios, vive um cenário de constante metamorfose, ou seja, mudanças e mais mudanças são a única certeza.

Por isso, pessoas empreendedoras não se intimidam diante da necessidade de reiniciar ou mudar algo, seja esse algo um detalhe ou absolutamente tudo. 

Desafios do empreendedorismo 

Empreender é sim muito bom, é um caminho aberto a inúmeras possibilidades de crescimento, pessoal, profissional e financeiro, contudo, muitas vezes isso pode transparecer que seja algo mais simples do que realmente é. Ao vermos pessoas alcançando o sucesso através desta escolha esquecemos de olhar o outro lado da moeda, pensamos que basta desenvolver as habilidades certas e o jogo está ganho, mas não é bem por aí…

As habilidades e comportamentos empreendedores são indispensáveis, mas elas precisam ser aliadas ao conhecimento técnico sobre negócio, gestão e tudo que envolve esse universo. Não é por acaso que dados do IBGE e do SEBRAE, apontam que 22,8% dos negócios não sobrevivem ao primeiro ano e mais de 52,5% quebraram antes de completar cinco anos de existência. Falta uma gestão eficiente!

Dentre os pilares para qualquer negócio podemos destacar, por exemplo, o planejamento estratégico, gestão financeira, gestão comercial e a gestão de pessoas, cada um desses processos de gestão tem em suas engrenagens peças fundamentais para a sobrevivência e prosperidade de uma empresa, portanto não dá para simplesmente decidir empreender sem passar por essa educação antes, isso só vai gerar grandes problemas futuros, se tornando uma ameaça a saúde do seu empreendimento. 

Apesar de, infelizmente, este ser um erro comum por grande parte dos empreendedores, você não precisa cometê-lo!

Grupo Larch

Grupo Larch

Estratégias, processos, capital humano, tecnologia. Muito mais que uma consultoria empresarial, o Grupo Larch hoje é um parceiro de negócios que contribui para que empresas e seus líderes encarem seus desafios e encontrem os melhores caminhos.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia