Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

People Analytics: Ferramentas quantitativas para gestão de pessoas

Você sabe o que é People Analytics ou a função dessa ferramenta em uma empresa? Ela ajuda diretamente na Gestão de pessoas, tornando processos mais eficientes, completos e assertivos.

Por Jomara Costa

14/09/2021 às 09h00 - Atualizada 14/09/2021 às 11h00

O termo People Analytics ou “análise de pessoas”, em tradução livre, é uma ferramenta que se refere aos processos de análise de dados para estudar o comportamento dos colaboradores de uma empresa.

Ela consiste na coleta de dados sobre os colaboradores, desde o nome até o perfil comportamental ou o período de preferência para férias, com objetivo de antecipar alguns cenários e necessidades, e planejando ações para evitar possíveis situações de risco.

Com eles, a equipe pode organizar esses dados e diagnosticar algumas características da equipe, por meio de softwares que cruzam as informações para otimizar o gerenciamento de Recursos Humanos.

Os princípios do People Analytics

Apesar de considerarmos os dados para uma tomada de decisão, o processo de people analytics contempla dois princípios que se complementam:

  1. As pessoas são um dos bens mais valiosos de uma empresa, todos os colaboradores importam e têm impacto direto no resultado da empresa e devem, portanto, serem tratados com respeito e terem seus interesses levados em conta;
  2. Vivemos em um mundo globalizado e que passa pela quarta revolução industrial. Assim, o uso da tecnologia, informatização, automação e tomada de decisões precisas e assertivas em uma empresa é um caminho necessário e sem volta.

Outro conceito que ganhou capilaridade nos últimos anos é o Big Data, e está intimamente ligado ao people analytics. Ele pode ser compreendido como o processo de recolher e armazenar grandes volumes de dados, com o objetivo de analisá-los em busca de informações de qualidade e que influenciam diretamente na tomada de decisões mais pertinentes à situação.

Quanto mais qualificados forem os dados, mais fácil será a análise e mais confiáveis serão os resultados. Após essa identificação de informações, o People Analytics irá analisá-los e transformá-los de forma organizada e útil para a área de gestão de pessoas.

Como funciona a metodologia do people analytics

O People Analytics não é uma ferramenta ou um software específico, ele é uma metodologia onde o princípio é a coleta, organização e análise de dados para serem aplicados à gestão de pessoas, possibilitando um uma visão mais estratégica do papel de cada colaborador dentro de uma empresa.

Dessa forma, é possível tanto reconhecer um colaborador que se destaca pelos seus resultados, quanto identificar problemas que estejam ocorrendo, como baixa produtividade, insatisfação e alto índice de rotatividade.

O conteúdo continua após o anúncio

Por utilizarem da base de dados para um processo seletivo analítico, a utilização de sistemas de RH Inteligente ou específicos de people Analytics possibilitam a escolha de pessoas que estejam realmente alinhadas ao perfil da empresa e da equipe de trabalho, através de perguntas padronizadas e análise do perfil comportamental de cada novo candidato.

Através dessas práticas conseguimos realizar uma análise preditiva dos dados, conseguindo antecipar efeitos de algumas ações antes mesmo de executá-las. inclusive, o próprio sistema pode informar os resultados de determinada ação no passado, para comparar com novos processos.

People Analytics + RH Eficiente

O setor de Recursos Humanos nas empresas comumente é visto como arcaico, e é composto por vários subsistemas, exigindo dos profissionais dessa área uma gama de controles para gerenciar todas as suas funções e resultados. Um sistema de people analytics colabora no controle mais simples e eficiente de pesquisas de clima organizacional, plano de cargos e salários, processos seletivos, treinamentos e desenvolvimentos de colaboradores.

Com processos mais organizados, os profissionais têm mais tranquilidade para trabalhar e buscar novas soluções para o desenvolvimento da equipe, podendo atuar de forma mais estratégica para potencializar a produtividade.

Um sistema de people analytics não é privilégio apenas de multinacionais, independente do tamanho da empresa é possível implementar essa metodologia. Uma das mais acessíveis e conhecidas melhorias do People Analytics é no processo seletivo, onde ele pode prevenir falhas na seleção de novos colaboradores, ajudando a criar uma equipe consistente e reduzindo muito a rotatividade.

O sistema também pode ajudar a planejar treinamentos de forma mais eficiente, já que identifica com segurança o perfil da equipe, reduzindo as falhas e o tempo gasto com processos de treinamento. Consequentemente, a empresa gasta menos com contratações, demissões, treinamentos e falhas na produtividade.

Empresas que já adotaram a ferramenta de people analytics notam claramente a diferença no desenvolvimento da equipe. No entanto, muitos gestores sentem insegurança ao adotar tendências, ou por ser uma novidade, ou por limitações técnicas necessárias.

Com isso, muitos buscam outras empresas capazes de implantar essas ferramentas e otimizar processos, seja durante um processo seletivo ou inteiramente no setor de pessoas. No Grupo Larch, com o Recrutamento e Seleção e a Terceirização de pessoas, essas ferramentas já são utilizadas para mapear informações, organizar dados e extraí-los a fim de tornar diversos processos mais eficientes, completos e assertivos.

Grupo Larch

Grupo Larch

Estratégias, processos, capital humano, tecnologia. Muito mais que uma consultoria empresarial, o Grupo Larch hoje é um parceiro de negócios que contribui para que empresas e seus líderes encarem seus desafios e encontrem os melhores caminhos.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia