Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Blefe de Jefferson

Por Leandro Mazzini

30/06/2022 às 07h00 - Atualizada 29/06/2022 às 20h11

Chefão do PTB, que ainda tem seu peso eleitoral, e ele sabe disso, Roberto Jefferson cansou de esperar respostas do governador Cláudio Castro (PL) para suas demandas. Jefferson faz uma jogada. Avisou que será candidato a governador do Rio de Janeiro. É a última carta à mesa do Palácio Guanabara. E ainda investirá tudo na candidatura do falastrão Daniel Silveira ao Senado, e da esposa do deputado à Câmara.

Aprovou e foi rezar

A bancada pró-vida do Congresso está braba com a turma que para eles dormiu na pauta da Câmara, onde o projeto de lei passou e vai ao Senado. De autoria de Carmen Zanotto (PPS-SC), o texto altera a Lei 9.263 e permite cirurgias como prática contraceptiva a partir dos 21 anos sem o consentimento do cônjuge. A deputada frequentou uma missa ontem, e a turma católica antiaborto ficou pasma com a ousadia pela autoria do PL.

O conteúdo continua após o anúncio

Offline

A deputada estadual do Rio de Janeiro Renata Souza (PSOL) está em apuros com o colega Rodrigo Amorim (PTB). Ela denunciou o parlamentar em vídeo (que depois apagou das redes sociais) por um suposto envio de e-mail com ameaças e racismo. Mas investigações da polícia e até dos psolistas não comprovaram veracidade dos textos. O deputado avisou que vai processar a colega por calúnia. Amorim informou à Coluna que só ele e advogados têm acesso ao e-mail, sem incidentes relatados até hoje.

Meu sobrenome é…

Passados 20 anos desde a publicação do Código Civil que permitiu aos noivos adotarem o sobrenome do outro, caiu mais de 24% o número de mulheres que passaram a incluir o sobrenome do marido no casamento. Em 2002, o percentual delas que incluíam o sobrenome representava 59,2% dos matrimônios. De 2002 a 2010, a média de mulheres que optaram por isso foi de 52,5% – e entre 2011 a 2020 o percentual caiu para 45%.

Sobre roupa$

As exportações do setor têxtil registraram US$ 396,3 milhões nos primeiros quatro meses de 2022, aumento de 29,61% em relação ao mesmo período de 2021, segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção. O setor foi impulsionado pelo aumento das vendas a países vizinhos, como Argentina (+36,2%), Colômbia (+61,64%) e Peru (+56,8%). As importações cresceram 9,82% (US$ 1,89 bi).

Leandro Mazzini

Leandro Mazzini

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia