Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Cozinha com bancada

Saiba como escolher o material

Por Aletheia Westermann

15/08/2021 às 07h00 - Atualizada 13/08/2021 às 19h21

Quando chega a hora de planejar a cozinha, quase todo cliente tem uma bancada dos sonhos. No entanto, é preciso que ela seja bem planejada para tornar a rotina mais prática e funcional, além de bonita, afinal, um bom projeto de cozinha com bancada pode fazer toda a diferença em uma casa. A cozinha é um dos ambientes que mais usamos no dia a dia, por isso é preciso pensar no fluxo de pessoas neste espaço.

A cozinha com bancada pode trazer muitos benefícios! Pode ser um lugar a mais para servir refeições, com auxílio de banquetas, ou mais espaço para preparar os alimentos e também um espaço para acomodar eletrodomésticos, como cafeteiras, por exemplo.

Um ponto fundamental é que o material da bancada precisa ser bastante resistente e higiênico. Mas, que tal unir a isso a estética e uma boa relação de custo benefício?

Reunimos nesta coluna algumas opções com as vantagens e desvantagens de cada um dos materiais mais utilizados atualmente. Após conhecer as vantagens e desvantagens de cada material, assegure que sua escolha se harmoniza ao estilo de décor da cozinha.

Veja outros projetos nossos no nosso site www.aletheia.com.br

Granito

A bancada de granito é o material que apresenta maior durabilidade e resistência. Disponível em diferentes cores e tipos, a bancada pode ser feita no tamanho que for mais adequado para seu ambiente. É uma pedra natural, com cores e padrões únicos, altamente resistente ao calor.

Vantagens

Longa durabilidade. Fácil limpeza e manutenção. Excelente relação custo x benefício. Resistência a impactos.

Desvantagens

Nem sempre é resistente a produtos ou alimentos ácidos. Para evitar possíveis desgastes, pode-se optar pela impermeabilização.

Mármore

A bancada de mármore para cozinha é algo que vai proporcionar um ambiente bem elegante, no entanto, é preciso muita atenção, pois é um tipo de revestimento mais frágil e de alta porosidade. É uma pedra natural de formação calcária. Portanto, cada veio de sua composição é único.

Vantagens

Alto valor estético e resistência ao calor. É um material homogêneo e de fácil limpeza.

Desvantagens

Alto custo. Por ser muito poroso, deve receber selagem com resina contra manchas e antibacteriana. Baixa resistência a impactos.

Pedra artificial

São normalmente fabricadas a partir de minerais naturais triturados, como o quartzo ou o mármore misturados com uma resina específica. Para assegurar sua qualidade é preciso trabalhar com empresas sérias.

Vantagens

Por ser industrializado, é um material padronizado e de aparência homogênea. Não é poroso, não mancha e possui fácil manutenção e limpeza. Possui uma infinita gama de cores e acabamentos disponíveis.

Desvantagens

Alto custo quando comparado às opções mais convencionais. Não possui boa resistência ao calor. Baixa resistência a abrasão.

O conteúdo continua após o anúncio

Porcelanato

A tendência da bancada de porcelanato aconteceu por muitos motivos, dentre eles o fato de esta ser uma alternativa muito interessante às pedras que costumam ser usadas em balcões etc. Uma bancada de porcelanato para cozinha é algo muito mais acessível que modelos feitos em mármore e assim por diante. É, sem dúvida, um dos materiais que oferece mais opções de acabamento, já que é feita a partir do mesmo revestimento que pisos e paredes, possibilitando projetos com composições homogêneas. Pode-se optar por esculpir a cuba utilizando o mesmo material.

Vantagens

Além de diversas opções de acabamento, absorve pouca água e possui alta resistência à abrasão física ou química. É fácil de limpar.

Desvantagens

É necessário contratar uma empresa especializada, porque, para assegurar a resistência ao impacto, é necessário executá-la com uma estrutura reforçada.

Aço inox

A bancada de aço inox possui a função de conseguir suportar todo e qualquer dispositivo industrial em sua superfície, fazendo com que nenhum fator externo (como as intempéries e as drásticas mudanças de temperatura, por exemplo) prejudique sua funcionalidade. É uma das opções que asseguram maior assepsia por ser impermeável. Excelente resistência às bactérias, é a favorita das cozinhas industriais. Seria muito mais comum nas cozinhas residenciais se não tivesse um alto custo de produção.

Vantagens

Super higiênico, prático e durável.

Desvantagens

É um material que risca com bastante facilidade, além do já mencionado alto custo.

Concreto

A cozinha com bancada de concreto pode ser feita tanto em cimento marmorizado quanto em cimento queimado. É um material muito resistente e econômico. Há técnicas que permitem colorir o material, possibilitando mais variedades de acabamento.

Vantagens

É versátil para a decoração e muito econômico por ser produzida utilizando apenas cimento, areia e água.

Desvantagens

É necessária aplicação de produto específico para evitar infiltração. É muito poroso, e pouco resistente às manchas. Não é higiênico, sendo recomendada a utilização de tábuas de pedra ou vidro para manuseio de alimentos.

Madeira

Para quem optar pela madeira como material para a cozinha com bancada, é importante investir na madeira que tenha um tratamento adequado para resistir a umidade.

Vantagens

Praticidade na instalação.

Desvantagens

Baixa resistência a calor e a impacto de objetos pontiagudos. Necessidade de alta manutenção pelo alto contato com a água.

Vidro

Quando fabricadas em vidro temperado, as bancadas são bastante seguras. Pode ser executada em vidro transparente, translúcido, texturizado ou colorido.

Vantagens

Resistência a manchas. Facilidade na limpeza e manutenção. Combinam com praticamente todos os acabamentos.

Desvantagens

Alto custo de fabricação e instalação.

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia