Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Profissões do futuro: saiba escolher a sua

Aposte nas profissões que serão mais valorizadas no futuro e aumente suas chances de conseguir um bom emprego. Confira algumas tendências do mercado de trabalho para os próximos anos.

Por Louise Vianello

11/12/2017 às 14h29

É normal ver pessoas que estão no início da sua vida profissional com várias dúvidas sobre sua carreira. Se a Geração X buscava estabilidade e aquisição de bens, os Millennials buscam pela experiência. Com o crescimento da tecnologia muitas coisas mudaram, há alguns anos você nem imaginava a possibilidade de existir profissões como webdesigner, não é mesmo? Aqui vamos falar sobre as profissões do futuro.



Mas se a tecnologia elimina alguns postos de trabalho, ela também cria novas profissões. Ainda não há consenso sobre o número de empregos que desaparecerão por causa da tecnologia. A grande questão é que a maior parte das pessoas ainda não tem as competências necessárias para os trabalhos que surgirão. Desenvolver novas habilidades será essencial para continuar competitivo.

Investir em uma profissão só porque “está na moda” não é garantia de emprego certo, mas ficar de olho nas tendências, avaliando as oportunidades de mercado para direcionar a sua carreira, é fundamental para o seu sucesso profissional.

Confira as profissões do futuro e aumente suas chances de conseguir um bom emprego!

 

9 profissões que estarão em alta no futuro

Logística avançada
A demanda por pessoas que saibam controlar estoque e envio de mercadorias mundo afora já é imensa, mas a coisa só tende a crescer. Em breve, essas pessoas terão que se mover para além de bens físicos, abraçando também o mundo da defesa, por exemplo, e dos projetos públicos, trabalhando com o uso de drones e utilizando veículos sem condutor.

Estatístico
A habilidade de prever riscos está muito em alta. Atualmente estatísticos são empregados comuns em bancos e seguradoras mas, em breve, serão essenciais em inúmeras outras áreas. Como medicina e saúde, por exemplo, cujo sucesso dependerá muito de estatísticas precisas.

Epidemiologista
Há registros de que a classe cresça mais de 35% nos próximos anos. Com o avanço das tecnologias biológicas, em breve os epidemiologistas poderão se formar não só na Faculdade de Biologia, mas em saúde pública e afins, criando formas de ajudar a sociedade a driblar um vírus ou detectar antes dos engenheiros se cavar um túnel em determinado lugar pode desencadear doenças.

Clique e encontre a bolsa de estudos ideal pra você
 

O conteúdo continua após o anúncio

Engenheiro front-end
Já ouviu falar? É o famoso desenvolvedor de internet, alguém que viabiliza todas aquelas páginas que usamos
diariamente na rede. A demanda já é crítica. E empresas que não conversam no ambiente virtual com a clientela tendem a morrer. Assim, a área tende a ganhar o dobro de espaço em mais alguns anos. No futuro, tornar a aproximação das empresas com o público atraente e intuitiva é o que vai diferenciar os bons profissionais.

Especialistas em Experiência de Usuário/Cliente
Existem algumas variações para esse profissional no mercado, como Customer Success ou na tradução literal, Sucesso do Cliente. A função desse profissional é fazer com o cliente tenha toda a assessoria necessária de algum produto/serviço contratado.

Creators
Esses profissionais já estão em alta e prometem ficar nos próximos anos. São aquelas pessoas que vivem de produzir conteúdo para a internet, também conhecidos como digital influencers.

Professor online

O formato de distribuir conhecimento também vem evoluindo. Surgem cada vez mais professores, especialistas e instituições de ensino apostando na internet para educar a distância. A vantagem desse modelo é a possibilidade de alto alcance de pessoas sendo impactadas por aquele conteúdo, independente do dia ou horário.

 

Como se adaptar à mudança

É preciso se preparar, porém, tanto para a nova dinâmica que as empresas vêm assumindo quanto para adotar novas especializações que o novo mercado de trabalho demandará.

Fique sempre atento às novidades que surgem no mundo tecnológico e nas empresas que vêm ganhando força com crescimento acelerado. Preste também atenção a sua volta e perceba como você pode contribuir para resolver alguma demanda ou problemas de situações que te cercam.

E claro, estude muito. Sempre busque fontes diversas de conhecimento, independente de já estar bem colocado profissionalmente.



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia