Tópicos em alta: cartas a jf / onça-pintada / dengue / polícia

Troféu Mário Caruso de Ciclismo deve reunir 800 atletas em JF

Pelo segundo ano consecutivo, competição acontece neste fim de semana com uma novidade, uma prova de velocidade de 60km na AMG 3085 no sábado

Por Renato Salles

16/05/2019 às 07h01- Atualizada 16/05/2019 às 07h39

 

Foto: Daniel Braga – XFoto

Juiz de Fora e região recebem neste fim de semana a segunda edição do Troféu Mário Caruso de Ciclismo de Estrada Master, que deve reunir cerca de 800 ciclistas. No ano passado, a competição foi realizada no fim de setembro. Além de duas disputas competitivas, o evento contará também com um passeio ciclístico. As atividades terão o apoio operacional da Concer – concessionária que administra o trecho local da BR-040 – e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que ajudarão na interdição parcial das pistas nos dois sentidos. A AMG 3085 também terá seu trânsito interrompido para a realização de uma etapa do evento no sábado pela manhã.

Este ano, o evento já reclama seu lugar no calendário esportivo da cidade e é organizado por quatro ciclistas juiz-foranos: Marcelo Francisco, Mauro de Sá, Giulio Caruso e Bruno Lopes. O quarteto de amigos representa dois grupos da cidade, o Speedeiros e o Clube do Pai. “Vimos a necessidade de criar um evento como este na cidade. Fomos procurados pela PRF, que demonstrou a preocupação com o grande movimento de ciclistas na BR-040.

Então, criamos o Troféu Mário Caruso, que é um projeto de promoção do esporte aliado a um trabalho de conscientização, que, entre outros, orienta a galera sobre orientações sobre a forma correta de trafegar na rodovia. É também uma ação beneficente. Além de unir os grupos de ciclismo de estrada, estamos fazendo uma boa ação e arrecadando alimentos para doação”, diz Marcelo.

O conteúdo continua após o anúncio

Agenda de sábado

Para a manhã do primeiro dia do evento, o sábado, está prevista a realização de uma prova de velocidade de 60km na AMG 3085, que liga o Aeroporto Regional Presidente Itamar Franco à BR-040 e será fechada para a atividade a partir das 8h. Também no sábado, a partir das 14h30, será realizado um passeio ciclístico de 15km, com a largada no quilômetro 794 da BR-040, no Posto Graal, onde os ciclistas vão pegar a BR-040 sentido Belo Horizonte até o trevo do Expominas e voltar até o Graal (sentido Rio de Janeiro). Durante a atividade, que tem estimativa de término às 16h, o comboio de ciclistas será acompanhado por batedores da PRF para garantir a segurança.

Domingo

Já a segunda disputa competitiva, chamada de etapa rainha do Troféu Mário Caruso acontece no domingo, a partir das 8h, e percorrerá um trecho de 72km. A largada da prova também acontece no Posto Graal, sentido Rio de Janeiro, com destino até a praça de pedágio de Simão Pereira, retornando pela 040 sentido Belo Horizonte até o trevo do Centro de Distribuição do Bahamas e retorna até o Graal. Neste caso, segundo a Concer, a “via será bloqueada pelas viaturas da PRF, conduzindo o pelotão na velocidade do último ciclista”. “No momento da prova não serão permitidas ultrapassagens pelo comboio”, afirma a empresa concessionária. Outras informações podem ser obtidas pela Central de Atendimento da Concer, no 0800-2820040. Segundo o regulamento da prova, o ciclista que passar em frente ao Graal (sentido Belo Horizonte) 15 minutos após o líder será desclassificado. Essa adequação foi feita porque, segundo os organizadores, na edição no ano passado houve grande retenção de veículos à espera do término da competição.

Foto: Bárbara Riolino

Segundo a organização, as inscrições para o evento já estão encerradas e haverá participação de atletas de várias regiões do país. Com relação às disputas competitivas, Marcelo Francisco explica que cada prova tem sua característica específica. “São dois tipos de estrada diferentes. A etapa de sábado é um circuito mais plano, em que os ciclistas podem aplicar maior velocidade média. É uma prova bem rápida, de subidas leves. No domingo, é uma etapa mais de nível europeu. No sábado, prevalecem os velocistas, e, no domingo, os escaladores.” Já sobre o passeio ciclístico, a avaliação do organizador é de que a atividade será tranquila e uma boa oportunidade para aproveitar com a família.

Equipes renomadas estarão em JF

Entre os inscritos nas provas competitivas estão atletas de equipes renomadas no cenário nacional como a Funvic, de São Paulo; a Ace/NeoBox/Sense, de Belo Horizonte; e a Elite Bike, de São Paulo. A edição desta ano, porém, ter uma ausência importante. Campeão geral no ano passado, o ciclista juiz-forano Felipe Marques terá um compromisso com sua equipe em Taubaté. Felipe lamentou a ausência e lembrou a vitória obtida em 2018. “É muito gratificante correr perto dos amigos, das pessoas com quem eu treino e da minha família. É uma competição muito importante, que desperta o interesse dos mais jovens para o ciclismo”.

Sobre o nome do torneio, o organizador Marcelo Francisco explica que se trata de uma homenagem a um atleta que sempre representou com orgulho o ciclismo da cidade. “Mário Caruso é o pai de um dos organizadores. Veio da Itália para o Brasil e fez residência em Juiz de Fora. Foi um dos pioneiros do ciclismo na cidade e um dos maiores ciclistas de sua época. O nome do troféu é uma forma de homenagear este atleta da cidade”, relata.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia