Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Com Marta provável, Brasil tem forte teste contra a Austrália

Partida às 13h será novamente exibida em telão na Praça Cívica da UFJF e no Anfiteatro da Praça CEU

Por AE

13/06/2019 às 07h00

Marta treinou com bola nesta quarta, mas titularidade é incerta (Foto: Assessoria/CBF)

AE – A Seleção Brasileira chegou para a disputa do Mundial Feminino da França com uma série de nove derrotas consecutivas. A vitória por 3 a 0 sobre a Jamaica na estreia serviu para diminuir a pressão sobre as jogadoras comandadas pelo técnico Vadão, mas o grande teste está marcado para esta quinta-feira (13), às 13h, diante da Austrália, pela segunda rodada do Grupo C, em Montpellier.

Marta está recuperada da lesão muscular na coxa esquerda, sofrida há três semanas. A estrela mostrou evolução nos últimos dias e deverá voltar ao time, embora Vadão tenha evitado confirmar a sua escalação entre as titulares. “Quem escala a Marta neste momento é o departamento médico. Espero o aval do médico e da preparação física”, disse o treinador.

A camisa 10, assim, vai reeditar a dupla de ataque com Cristiane, autora dos três gols na vitória sobre a Jamaica na primeira rodada. A expectativa é para que o talento individual da equipe brasileira supere o melhor jogo coletivo das australianas. Um provável Brasil tem Bárbara; Letícia Santos, Kathellen, Mônica e Tamires; Formiga, Thaísa e Marta (Bia Zaneratto); Andressa Alves, Cristiane e Debinha.

O Brasil lidera o Grupo C com 3 pontos, ao lado da Itália, que derrotou a Austrália por 2 a 1. O jogo tem status de decisão, pois uma vitória praticamente garante a classificação do Brasil às oitavas de final, enquanto a derrota torna o prosseguimento difícil. Jamaica e Itália se enfrentam na sexta (14), às 13h, no outro duelo da segunda rodada da chave.

O conteúdo continua após o anúncio

Nos últimos cinco anos, foram nove jogos entre brasileiras e australianas, com seis derrotas canarinhas. No Mundial de 2015, vitória por 1 a 0 da seleção da Oceania nas oitavas de final. O troco veio na Olimpíada de 2016, com vaga na semifinal nos pênaltis (7 a 6), após empate sem gols.

Transmissão na UFJF e Praça CEU

Assim como na estreia, os juiz-foranos poderão acompanhar o jogo da Seleção tanto na UFJF, quanto na Praça CEU (Avenida Juscelino Kubitschek, 5.899, Benfica). Em parceria com o Diretório Central dos Estudantes (DCE) e com o Coletivo Maria Maria, a Federal irá disponibilizar novamente o espaço da Praça Cívica para a instalação de um telão com a exibição do duelo. Centenas de torcedores acompanharam a partida contra a Jamaica no último domingo (9).

Na primeira partida, centenas de juiz-foranos torceram pela Seleção feminina contra a Jamaica. A expectativa do movimento feminista, um dos responsáveis pela iniciativa, é a de que ainda mais pessoas estejam na Universidade nesta quinta, diante do horário, 13h, e de a partida ocorrer justamente em feriado municipal.

Já no bairro Benfica, a transmissão no Centro de Artes e Esportes Unificados Coronel “Adelmir Romualdo de Oliveira”, a Praça CEU, será no Anfiteatro “Hermínio de Sousa Santos”. As duas iniciativas são abertas ao público.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia