Com inscrições abertas, Festival de Judô reúne dezenas de jovens na UFJF

Evento acontecerá a partir das 9h deste domingo (15)

Por Bruno Kaehler

13/04/2018 às 07h00 - Atualizada 13/04/2018 às 08h39

Pequenos judocas da equipe Leo Moura treinam no Colégio Tiradentes (Foto: Fernando Priamo)

Muitos ainda estão aprendendo a técnica de rolamento. Outros sofrem as primeiras quedas. Há também os que já conquistam as primeiras vitórias. Certo é que a disciplina ensinada no judô estará presente no Ginásio da UFJF neste domingo (15), quando jovens judocas de 4 a 14 anos irão vivenciar as primeiras experiências sobre o tatame na etapa de estreia da terceira edição do Festival de Judô do Infantil ao Sub-15, a partir das 9h. O evento, que tem segunda etapa marcada para 5 de agosto, na AABB, abre inscrições até às 8h do domingo, no valor individual de R$ 35. Alunos de projetos sociais têm cortesia da organização, a cargo das equipes Leo Moura de Judô e Judô Rodrigo Martins.

O conteúdo continua após o anúncio

São esperados até 110 judocas no Festival, que tem como objetivo a inserção do judô no dia a dia de jovens e familiares, como explicou um dos responsáveis pelo evento, o professor Leo Moura.”O Festival busca oportunizar o primeiro contato de jovens atletas com o mundo de competições. É muito importante para eles porque reúne famílias, não tem envolvimento de federações, é mais maleável, e quase todos saem premiados. O intuito é justamente abrir portas, trazer novos alunos e adeptos ao judô, um esporte olímpico, com mais de 150 anos e que no Brasil é muito bem visto e procurado. Tem pais que acabam voltando ou começando a praticar pelos filhos. A Zona da Mata tem várias academias boas e tentamos fazer esse intercâmbio”, conta Leo.

Ele ressalta que todos os participantes de até 8 anos ganharão medalhas de ouro. “É um incentivo para quem está começando. E para quem tem 9 anos em diante há disputa da medalha”, afirma. Até esta sexta (13), nove academias já tiveram representantes inscritos na competição, sendo sete de Juiz de Fora, uma de Lima Duarte e uma de Pedro Teixeira. Dos times locais, haverá presença de dois projetos sociais: o Lutando pela Vida, do Bairro Monte Castelo, com oito atletas, e o do Instituto Jesus, do Bairro Nossa Senhora de Lourdes, de parceria com o projeto de extensão da Federal chamado Ensino de Luta para a Cidadania, desenvolvido pelo Programa de Educação Tutorial (PET) da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da UFJF.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia