Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Brasil goleia Honduras no último amistoso antes da Copa América

Seleção masculina faz 7 a 0 em adversário no Beira-Rio. Estreia na Copa América é na sexta (14), contra a Bolívia

Por Gazeta Press

09/06/2019 às 18h52

A Seleção Brasileira disputou seu último amistoso antes da estreia na Copa América durante a tarde deste domingo (9). No Estádio Beira-Rio, com um jogador a mais desde o primeiro tempo, a equipe comandada pelo técnico Tite goleou a frágil Honduras por 7 a 0.

Ainda no primeiro tempo, Gabriel Jesus, Thiago Silva e Philippe Coutinho abriram uma vantagem confortável e Quioto recebeu cartão vermelho. Na etapa complementar, a Seleção Brasileira ampliou com Gabriel Jesus, David Neres, Firmino e Richarlison.

Em sua estreia na Copa América, o time dirigido por Tite enfrenta a Bolívia às 21h30 de sexta-feira (14), no Estádio do Morumbi. Integrante do Grupo A do torneio, a Seleção Brasileira completa sua participação na primeira fase contra Peru e Venezuela.

Sem Neymar, Seleção goleou Honduras com facilidade no Sul (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O jogo

O Brasil conseguiu inaugurar o marcador logo aos 7 minutos do primeiro tempo. Após tabelar com Richarlison pela direita, Daniel Alves cruzou para cabeçada certeira de Gabriel Jesus. A arbitragem chegou a marcar impedimento, mas, orientado pelo VAR, o juiz uruguaio Daniel Fedorczuk validou o lance.

Sem fazer força, a Seleção Brasileira aumentou sua vantagem aos 12 minutos do primeiro tempo. Philippe Coutinho cobrou escanteio pelo lado esquerdo e o zagueiro Thiago Silva, livre de marcação, completou de cabeça para anotar o segundo do time da casa.

A frágil Honduras passou a jogar com um homem a menos aos 28 minutos da etapa inicial, quando Quioto foi expulso por cometer falta dura em Arthur, que acabou substituído por Allan. Oito minutos depois, Richarlison sofreu pênalti de Izaguirre. Na cobrança, Philippe Coutinho converteu.

O conteúdo continua após o anúncio

Novo gol no início

O Brasil marcou o quarto gol no Beira-Rio logo no primeiro minuto do segundo tempo. Colocado por Tite no lugar de Casemiro, Fernandinho lançou para Richarlison ajeitar de cabeça. O goleiro Lopez saiu, mas não conseguiu evitar mais um gol de Gabriel Jesus.

Em ritmo de treino, a Seleção Brasileira chegou ao quinto gol aos 10 minutos da etapa complementar. Em jogada pelo lado esquerdo, Filipe Luis botou David Neres para correr. O ex-jogador do São Paulo ganhou na velocidade, carregou para o meio e tocou com categoria na saída de Lopez.

Aos 19 minutos do segundo tempo, após bate e rebate na entrada da área, Firmino sobrou na cara do gol e definiu com competência na saída de Lopez. Aos 24 minutos, Everton desceu pela esquerda e cruzou para Richarlison encerrar a goleada em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 7 x 0 HONDURAS

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 9 de junho de 2019 (Domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Renda: R$ 1.202.890,00
Público: 16.521 pagantes
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Gols:
BRASIL: Gabriel Jesus (7 minutos do 1º Tempo e 1º minuto do 2º Tempo), Thiago Silva (12 minutos do 1º Tempo), Philippe Coutinho (36 minutos do 1º Tempo), David Neres (10 minutos do 2º Tempo), Firmino (19 minutos do 2º Tempo), Richarlison (24 minutos do 2º Tempo)

BRASIL: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos (Militão), Thiago Silva (Miranda) e Filipe Luís; Casemiro (Fernandinho), Arthur (Allan) e Philippe Coutinho (Everton); Richarlison, Gabriel Jesus (Firmino) e David Neres.
Técnico: Tite.

HONDURAS: Lopez; Crisanto, Henry Figueroa, Maynor Figueroa e Izaguirre (Alvarado); Garrido (Castellanos), Acosta (Alvarez) e Alexander Lopez (Beckeles); Rojas (Chirinos), Elis e Quioto.
Técnico: Fabián Coito.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia