Tópicos em alta: tiroteio entre polícias / polícia / enem 2018

Dupla juiz-forana disputa Pan de Caratê Tradicional

Fernando Macêdo e Carolina Zampa estão concentrados com equipe da Seleção Brasileira e começam o torneio neste sábado (10)

Por Tribuna

08/11/2018 às 20h03

Pan-Caratê-Tradicional-Dupla
Carolina Zampa e Fernando Macêdo já estão em Curitiba concentrados junto com o restante da equipe da Seleção (Foto: Arquivo pessoal)

Dois expoentes caratecas locais disputam a partir do sábado (10), o Pan-americano de Caratê-Dô Tradicional na representação não apenas de Juiz de Fora, como de todo o país em Curitiba (PR). Isto porque os atletas Fernando Macêdo e Carolina Zampa entram em ação, no kata e kumitê, pela Seleção Brasileira da arte marcial no campeonato da Confederação Brasileira de Karatê-Dô Tradicional.

“Fomos esse ano no Campeonato Brasileiro e conseguimos a classificação para a Seleção Brasileira, e, consequentemente, tivemos a convocação para disputar o Pan tradicional”, explica Macêdo, professor e atleta do Centro de Estudo Karatê-Dô Shotokan (C.E.K.S.).

O conteúdo continua após o anúncio

Diante da relevância do compromisso e importância da preparação, a dupla foi para a capital paranaense uma semana antes da estreia, no último sábado (3), encontrar os companheiros da equipe canarinha e passar por treinamentos realizados até três vezes por dia. “Estamos em um alojamento com toda a Seleção treinando de manhã, de tarde e de noite. Tem sido uma experiência muito boa, estamos confinados, em concentração total. É um aprendizado para a vida também”, analisa Macêdo.

A concentração é tamanha que até o uso do celular é limitado pelo Sensei Watanabe, que orienta os caratecas. Prova disso é que Macêdo aproveitou o pouco tempo de acesso ao aparelho permitido para resumir os dias de preparação ao lado de Carolina Zampa, que, por conta desta metodologia de trabalho, acabou não conseguindo contato com a reportagem.

Todo este foco no papel a ser realizado em Curitiba, no fim de semana, eleva a confiança dos juiz-foranos, que lembram terem iniciado a preparação muito antes da viagem ao Paraná. “Viemos de um ano muito forte principalmente treinando para os campeonatos da JKA (Associação Japonesa de Karate). E assim que fomos convocados, intensificamos os treinos e vamos buscar até uma medalha, mesmo sendo o nosso primeiro torneio internacional pelo caratê tradicional. Não conhecemos os competidores, mas vamos tentar um pódio. Esperamos representar bem o nosso país, o estado e a cidade, voltando com bons resultados e essa experiência muito boa na bagagem”, destaca Macêdo.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia