Tópicos em alta: cartas a jf / onça-pintada / dengue / polícia

Efigênia Viana lança o livro “Felicidade tem quatro patas”

Obra de literatura infantil aborda a importância da proteção aos animais através da perspectiva de um cãozinho adotado

Por Fabiane Almeida, estagiária sob supervisão da editora Isabel Pequeno

14/05/2019 às 20h20

Felicidade tem quatro patas
um focinho e um rabinho
está em todos os animais
que esperam por carinho

Esse é o primeiro verso do livro infanto-juvenil “Felicidade tem quatro patas”, da autora Efigênia Viana, que será lançado nesta quarta-feira (15), no Espaço Cultura do Shopping Jardim Norte, às 19h. Depois de publicar a obra “Uma gatinha chamada Sofia” em 2016, que conta a história da adoção de sua gata, a professora e servidora pública decidiu contar sobre a importância da proteção aos animais através da perspectiva de um cãozinho adotado. Para a autora, Farofa é a cara de muitos vira-latas que buscam um lar.

(Foto: Reprodução)

“Farofa tem esse nome porque ele tem três cores, ele parece mesmo uma farofa, a maioria dos cães vira-latas são assim. E ele fala o seguinte: você pode ser feliz de várias maneiras, adotando um gato ou um cão, e mesmo sem animais, você pode ser feliz apenas protegendo-os”, destaca a escritora, que tem um grande hobby por colecionar livros infantis.

Neste segundo livro, a visão da autora foi além da proteção aos animais, mostrando a diversidade e a capacidade de todos cuidarem dos bichinhos independentemente das diferenças. Essa característica está até mesmo na capa, ilustrada por seu ex-aluno Lucas Fonseca, hoje artista plástico, incentivado por ela quando ainda era criança. “Eu disse para ele que queria que desenhasse o mundo como gostaríamos que fosse. Então quero diversidade de pessoas e animais, de todas as cores, de todos os jeitos. Tem animal cadeirante e até deficiente visual com cão guia, que eu nunca tinha visto em literatura infantil.” Com tantos contos de fadas no mercado, a professora também sentia falta de livros que tratassem de temas como vacinação e castração dos animais como forma de proteção, trazendo as temáticas em suas obras.

O conteúdo continua após o anúncio

A inspiração para escrever o livro veio de sua experiência como voluntária no Canil Municipal, observando vários Farofas dentro das baias. “Uma vez que visita o Canil Municipal, você fica totalmente envolvida emocionalmente, os olhinhos deixam a gente mexida. Toda vez que vou com escolas, ou nas feiras de adoção, é muito presente essa necessidade de proteger. Eles são totalmente indefesos. Na hora de escrever o livro, aproveitei minha experiência com os cães, o amor e afeto que demonstram para poder interagir.”

Efigênia reforça a mensagem de seu personagem, o cãozinho Farofa: “você pode ser feliz de várias maneiras, adotando um gato ou um cão, e mesmo sem animais, você pode ser feliz apenas protegendo-os” (Foto: Projeto Amor Não Tem Raça)

Histórias que encantam até adultos

Tendo feito várias campanhas educativas de forma independente, há cerca de dois anos, a professora foi chamada para tomar a frente das Campanhas Educativas do Demlurb (Departamento Municipal de Limpeza Urbana), fazendo contações de histórias para públicos diversos. Como educadora infantil, Efigênia destaca a literatura como uma forte ferramenta de aprendizado e conscientização. “No imaginário da criança, trazer um personagem para introduzir um conteúdo desperta o interesse e dá um significado para a aprendizagem. A literatura infantil abre o olhar da criança e posso trabalhar a conscientização, trazendo temas importantes. Na educação, utilizamos muito o lúdico como ponto de partida. Nem sempre levo meus livros, às vezes levo histórias de outros autores e músicas”, destaca a professora, que sempre lê suas histórias para seus alunos em busca da aprovação antes de publicá-las. Mesmo que seus livros sejam escritos pensando no público infantil e jovem, Efigênia conta que suas histórias têm encantado sobretudo os adultos, e já chegou a fazer contações também em turmas de ensino médio e faculdade.

“Felicidade tem quatro patas” tem como parceira a ONG Área Ambiental (Aban), que atua na proteção ambiental e animal em Juiz de Fora. Segundo Efigênia, no dia do lançamento do livro, a ONG vai inaugurar o projeto ‘Celebricão’, em que um cãozinho será apresentado para adoção. Outros cães que também estão à procura de um lar, tanto da Aban, quanto do Canil Municipal, terão suas fotos expostas no final do livro. Exemplares da obra serão doados a instituições selecionadas e a partir de 17 de maio também será possível comprá-los nas livrarias da cidade.

 

“Felicidade tem quatro patas”
Lançamento nesta quarta-feira (15), às 19h, no Espaço Cultura do Shopping Jardim Norte

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia