Tópicos em alta: eleições 2018 / polícia / outubro rosa

Mostra de Cinema leva 32 filmes à Ibitipoca

Primeira edição da Mostra de Cinema de Ibitipoca acontece de sexta-feira (12) a domingo (14)

Por Júlio Black

11/10/2018 às 07h00

E o feriado vai ser de cinema em Conceição de Ibitipoca. O distrito de Lima Duarte recebe de sexta-feira (12) a domingo (14) a primeira edição da Mostra de Cinema de Ibitipoca, com a exibição de 32 produções na Praça de Eventos, sendo 29 curtas metragens e três longas: “Benzinho”, de Gustavo Pizzi, vencedor de quatro prêmios no Festival de Gramado; “Caminhos da Mantiqueira”, de Galileu Garcia Jr.; e “Filhos de Bach”, de Ansgar Ahlers. As três produções fazem parte da mostra “Longa convida” e serão exibidas de sexta a domingo, respectivamente. Todas as sessões terão início às 18h, com entrada franca.

Longa-metragem-Benzinho
O longa premiado “Benzinho” é destaque na programação (Foto: Divulgação)

Como este é o primeiro ano do evento, a Mostra não será competitiva e terá seus curtas divididos em sessões temáticas, misturando gêneros como ficção, documentário e animação. “Curtas da nossa terra”, que acontece sexta e domingo, terá produções filmadas em Conceição de Ibitipoca e outras realizadas por diretores de toda a região, com nomes como Marcos Pimentel (“A poeira e o vento”) e Rômulo Veiga (“VHS”). Já a sessão “Panorama nacional” exibirá curtas de Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo na sexta e sábado. Com temática ligada ao meio ambiente, a “Sessão natureza” está agendada para o sábado com documentários, animações e curtas de ficção produzidos em diversos lugares, desde a própria Ibitipoca e chegando ao africano Senegal, passando por Sorocaba (SP) e Maricá (RJ), entre outros. No domingo acontece ainda a sessão “Curtas para todas as idades”, com produções de várias partes do país.

Cor-de-Pele-Mostra-Ibitipoca
Foto: Divulgação

Além do cinema, a Mostra de Cinema de Ibitipoca se propõe a ser um evento multicultural, com outras atividades programadas para os três dias. Na sexta-feira, antes do início da exibição dos filmes, acontece o Cortejo das Artes com o Barracão Centelha; no sábado, quem antecipa a maratona cinematográfica é o Chadas Ustuntas Quinteto, com canções autorais e releituras de clássicos do cinema; no domingo, a banda Flor de Manacá se apresenta após o encerramento das exibições.

A organização do evento destaca ainda o caráter de conscientização ecológica da Mostra, que não vai vender produtos industrializados e descartáveis para o público, incentivando o comércio do distrito com a Feira de Artesanato e Gastronomia Local, com produtos orgânicos e bebidas artesanais. Além disso, será feita coleta seletiva durante o evento, com todo o material recolhido sendo destinado para a usina de reciclagem de Lima Duarte. A programação também conta com duas oficinas sobre cinema, também gratuitas, que acontecem na Sala Multimeios na sede da Amai, ministradas por Felipe Hutter e Francisco Franco.

Por paixão e uma ideia na cabeça

A-grande-muralha-verde-Mostra-Ibitipoca
Foto: Divulgação

Diretora artística do evento, Maíra Delgado conta que a ideia da Mostra de Cinema surgiu durante uma bate-papo da equipe de produção. “Nós achávamos que Ibitipoca merecia uma mostra desse tipo, afinal já temos tantos eventos bacanas por aqui, e é mais uma forma de fomentar o turismo de eventos na região”, diz. “E um dos objetivos é que ele ajude a região a se tornar um polo do audiovisual. Já temos demonstrações disso, como o fato de ‘O Palhaço’, de Selton Mello, foi rodado na região. Percebemos um grande potencial, e queremos contribuir com essa história.”

O conteúdo continua após o anúncio

Ainda de acordo com Maíra, a expectativa é que o segundo ano da Mostra já tenha uma mostra competitiva, e que ela seja incluída na rede de festivais que rolam pelo Brasil e fora do país, promovendo ainda o intercâmbio entre diretores iniciantes e profissionais já consagrados. Quanto às oficinas, ela torce para que elas sejam oportunidade para que empreendedores locais criem suas próprias produções, fomentando ainda mais a economia local.

Em busca da diversidade

Não-tem-segredo-Mostra-Ibitipoca
Foto: Divulgação

Aproveitando que — tratando-se do primeiro ano do evento — a Mostra de Cinema pode ser vista como uma “página em branco”, Mariana Musse, que fez a curadoria com Pedro Nogueira, destaca a diversidade da programação. “Optamos por ter uma parte com filmes locais, seja com filmes gravados em Ibitipoca, para mostrar como ela vem sendo representada em filmes, e também convidar realizadores da região para mostrar o que tem sido feito na Zona da Mata”, destaca.

“Também teremos uma mostra com filmes recentes de diretores de São Paulo, Pernambuco, Rio, que tenham uma diversidade de produção, estilos e gêneros, alguns já premiados em festivais. E é interessante porque o público terá acesso a esse formato dos curtas, que geralmente passam em canais específicos. E fizemos uma sessão com filmes temáticos sobre a natureza. Ibitipoca é uma região com o parque estadual, em que os turistas buscam o contato com a natureza, por isso achamos pertinente ter uma sessão nesse estilo. No domingo teremos uma sessão para todas as idades, mais direcionada para o público infantil, com vários estilos de produções, e em todos os dias um longa convidado, com temáticas e estilos bem diferentes.”

Pé na estrada

Eu-naõ-tenho-herói-Mostra-Ibitipoca
Foto: Divulgação

A Mostra de Cinema de Ibitipoca termina no domingo, mas depois disso vai ultrapassar os limites do distrito. Entre os dias 19 e 21, acontece a Mostra Itinerante, que passará por Bias Fortes (sexta), São José dos Lopes (sábado) e Lima Duarte (domingo).

“Nossa proposta é levar o cinema também para o entorno da região de Ibitipoca, com a exibição de filmes, oficinas e apresentações musicais”, adianta Maíra Delgado. “É um projeto de sensibilização, de levar os filmes a locais em que as pessoas não têm o costume de ir ao cinema. E queremos aproveitar a oportunidade para envolver a comunidade, fazendo a economia solidária ao vender sua produção local.”

Mostra de Cinema de Ibitipoca
Exibição de 32 produções de sexta (12) a domingo (14), a partir das 18h, na Praça de Eventos de Conceição de Ibitipoca

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia