Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Homem é preso após disparar em viatura e fugir de carro em alta velocidade

Suspeito foi identificado em rastreamento após denúncia por transitar armado


Por Tribuna

29/03/2021 às 13h22

Um homem de 27 anos foi preso em flagrante após atirar contra uma viatura da Polícia Militar (PM), acertando o retrovisor do veículo. De acordo com o boletim policial, ele estava sendo procurado após denúncias de que um suspeito estaria andando de carro enquanto estava armado, seguindo do Bairro Monte Castelo, Zona Norte de Juiz de Fora, em direção ao Centro. A ocorrência foi registrada no final da tarde deste sábado (27).

O conteúdo continua após o anúncio

Conforme a PM, durante o rastreamento para localizar o alvo da denúncia, o homem foi avistado enquanto transitava na Rua Bernardo Mascarenhas, no Fábrica, Zona Norte. Ao perceber os militares, o suspeito atirou contra a viatura e fugiu com seu veículo em alta velocidade. Enquanto tentava escapar, ele arremessou a arma às margens de um córrego próximo ao Democratas, na mesma região. Posteriormente, a arma foi localizada, sendo que estava carregada com 14 munições.

O homem foi abordado após entrar na Rua Doutor Rafael Arcuri, no Bairro Martelos, Cidade Alta. Por ser uma via sem saída, o suspeito foi encurralado e abordado pelos militares. Ele foi preso e encaminhado à delegacia de plantão. No interior do veículo, ainda estavam uma mulher de 20 anos e duas crianças, cujas idades não foram informadas. O relacionamento das três pessoas com o suspeito também não foi detalhado pela Polícia Militar. A ação contou com o apoio da aeronave da corporação.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia