Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Incêndio atinge 4 mil metros quadrados de vegetação no Cruzeiro do Sul

Fogo, que teria se iniciado na vegetação rasteira, foi debelado por nove militares durante três horas


Por Tribuna

25/11/2021 às 19h37

Uma área de aproximadamente 4 mil metros quadrados de vegetação no Bairro Cruzeiro do Sul, nas imediações da Avenida Presidente João Goulart, Zona Sul de Juiz de Fora, pegou fogo na tarde desta quinta-feira (25). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio foi controlado em aproximadamente três horas, com o empenho de nove militares. Nenhuma residência ou estabelecimento comercial foi atingido.

Ainda conforme os militares, o fogo teria se iniciado na vegetação rasteira de um terreno com aclive acentuado na avenida.

O conteúdo continua após o anúncio

A ocorrência foi parecida com a observada na quarta, entre o Campus da UFJF e o Bairro Dom Bosco. Na ocasião, uma área de aproximadamente 15 mil metros quadrados foi atingida. Segundo a corporação, a baixa umidade do dia, combinada com a alta temperatura, contribuiu para o surgimento do foco de incêndio.

Já nesta quinta, a umidade relativa do ar apresentou índices mais elevados. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o percentual ficou acima de 60% ao longo de todo o dia, grau considerado adequado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é entre 50% e 60%. A variação ficou entre 62% e 95%.

(Foto: Bombeiros JF)

Previsão de chuva

Segundo o Inmet, a expectativa é de que Juiz de Fora volte a registrar chuvas nos próximos dias. O rápido avanço de um sistema frontal em direção ao Sudeste do país provocará o aumento da nebulosidade na região e, com isso, há chances de precipitações acompanhadas de raios e rajadas de vento. Para esta sexta, a previsão é de que o céu fique parcialmente nublado a nublado, com possibilidade de pancadas e trovoadas isoladas.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia