Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Fogo consome área de 15 mil metros quadrados em Juiz de Fora

Segundo dados do Inmet, a umidade relativa do ar chegou a 36% na cidade nesta quarta-feira


Por Tribuna

24/11/2021 às 12h41- Atualizada 24/11/2021 às 17h21

Incêndio próximo à UFJF foi registrado nesta quarta-feira. (Foto: Wendell Guiducci)

Um incêndio atingiu cerca de 15 mil metros quadrados de vegetação na região de entorno ao Campus da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), na Cidade Alta, na manhã desta quarta-feira (24). Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas foram debeladas por volta das 11h. Os militares, no entanto, não descartavam o risco de novos focos, devido a alta temperatura e a vegetação seca. Nenhum imóvel foi atingido.

O fogo ocorreu em um momento de queda na umidade relativa do ar no município, o que torna mais propício o acontecimento de incêndios do tipo. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o índice chegou a 36% nesta quarta, o que já caracteriza o estado de observação, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). Ao longo do dia, o percentual teve um leve aumento, chegando a 52% por volta das 14h. Com o avançar da tarde, voltou a cair, ficando entre 48% e 42%, abaixo do nível recomendado pela OMS, que é entre 50% e 60%.

O conteúdo continua após o anúncio

Previsão de chuva para os próximos dias

Ainda conforme o Inmet, a previsão para esta quinta-feira (25) é de mais um dia de alta temperatura na cidade. Conforme o órgão, a previsão é de mínima em torno dos 19 graus e máxima de até 30 graus. No entanto, o aumento da nebulosidade tende a elevar as chances de pancada de chuva e trovoadas isoladas na região.

Nesta quarta, os termômetros do 5º Distrito de Meteorologia, instalados no Campus da UFJF, registraram mínima de 19,6 graus e máxima de 28,1

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia