Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

PJF firma contrato com empresa que vai atuar na ampliação da iluminação pública

Gradiente Engenharia foi a vencedora de licitação para prestar serviço na cidade nos próximos dois anos; segundo a PJF, trabalhos já foram iniciados


Por Tribuna

22/04/2021 às 16h57- Atualizada 22/04/2021 às 18h11

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) anunciou, nesta quinta-feira (22), que a empresa Gradiente Engenharia venceu a licitação para prestar serviços no setor elétrico e de iluminação pública na cidade nos próximos dois anos. Segundo a PJF, a empresa já iniciou os trabalhos nesta quinta, com a implementação de luminárias LED no prolongamento do Viaduto José Abramo até a Ponte Luiz Ernesto Bernardino (conhecida como Ponte Azul), no Bairro Poço Rico. A empresa também dará início à instalação de nova iluminação com LED na Avenida Brasil e na Avenida Francisco Bernardino.

Conforme a Prefeitura, o chefe do Departamento de Iluminação Pública da PJF, Wilson Ferrareze, visitou a empresa com intuito de explicar aos diretores e funcionários como deverá ser conduzido o contrato recém-assinado pela prefeita Margarida Salomão. Na visita também estavam o técnico da Secretaria de Obras (SO), Wanderley Campos, e o chefe do Departamento de Eficiência Energética da SO, Vinícius Heckart.

O conteúdo continua após o anúncio

“Fiz questão de frisar o cuidado que sempre devemos ter com o dinheiro do contribuinte arrecadado através dos impostos, taxas e contribuições que nos permitem desenvolver nosso trabalho, devolvendo a eles o que recolhem aos cofres da Prefeitura, que no nosso caso é através da Contribuição para o Custeio do Sistema de Iluminação Pública (CCSIP)”, afirmou Ferrareze, em nota publicada pela PJF.

Solicitação de manutenção

Os juiz-foranos podem solicitar manutenção da iluminação pública, melhorias e ampliação do sistemas por meio do Zapip, o Whatsapp Iluminação Pública, no número (32) 984607721, ou pelo telefone 3218-3777 ou, ainda, de forma on-line, por meio do Prefeitura Ágil.

A manutenção da iluminação pública em Juiz de Fora passou por imbróglios desde fevereiro de 2020, quando teve início uma lacuna, que duraria três meses, da empresa responsável pelos serviços. Uma nova licitação foi realizada, com atraso, e o problema foi solucionado em 4 de maio. Na ocasião, a empresa Construtora Siqueira Cardoso Eireli assumiu o serviço por um prazo de 12 meses. Durante o período de vacância, a cidade chegou a acumular cerca de 1.800 solicitações de manutenção em espera. Conforme informações da PJF, o serviço de manutenção da iluminação continua sob responsabilidade da construtora.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia