Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / chuva / polícia / obituário

PJF apreende cem quilos de frutos do mar comercializados irregularmente

Fiscais encontraram 70 quilos de camarão e 30 quilos de filé de merluza sem armazenamento adequado, na carroceria de um carro, no Centro

Por Tribuna

22/02/2021 às 16h59

Segundo a PJF, alimentos estavam acondicionados de forma irregular na carroceria de um carro estacionado no Centro (Foto: Divulgação PJF)

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) apreendeu, na última sexta-feira (19), cem quilos de frutos do mar que estavam sendo comercializados de maneira irregular. A ação fiscal ocorreu no Centro da cidade, onde foram apreendidos 70 quilos de camarão e 30 quilos de filé de merluza. As mercadorias estavam acondicionadas sem armazenamento adequado, na carroceria de um carro estacionado, e não havia documentação que comprovasse a procedência dos alimentos, desta forma, colocando a saúde de consumidores em risco.

O gerente do Departamento de Fiscalização Ambiental e Urbana da Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur), Claudio Perobelli, destacou que o Município continuará adotando medidas necessárias para evitar a ocorrência de práticas irregulares através de fiscalizações e conscientizando a população sobre os riscos do consumo de produtos adquiridos fora dos estabelecimentos que estejam devidamente regularizados junto à Prefeitura.

O conteúdo continua após o anúncio

“O objetivo das ações fiscais é evitar o consumo de produtos que possam colocar em risco a saúde da população, que deve agir em parceria com a fiscalização, conscientizando-se dos riscos e tendo sempre em mente a relevância da intervenção do papel do Poder Público nessas situações”, indica Claudio.

Todo o material perecível apreendido na ação foi descartado no aterro sanitário, localizado no Bairro Dias Tavares, na Zona Norte. A fiscalização teve a participação de fiscais de posturas da Sesmaur, de guardas municipais, de agentes da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc) e da Polícia Militar.



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia