Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

UFJF aprova retorno gradual das atividades presenciais

A retomada deve ocorrer conforme o cenário epidemiológico nacional e dos municípios de Juiz de Fora e Governador Valadares


Por Tribuna

13/10/2021 às 10h43- Atualizada 13/10/2021 às 19h06

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) aprovou o retorno gradual das atividades presenciais na instituição. A decisão foi tomada pelo Conselho Superior (Consu), nesta quarta-feira (13), e vale para toda a comunidade acadêmica. A medida entra em vigor a partir da data de publicação, seguindo os protocolos de biossegurança estabelecidos pela universidade.

As unidades acadêmicas e administrativas ficam autorizadas a convocar seus coordenadores, gerentes e chefes de departamentos para organizar o planejamento do retorno dos demais servidores. A retomada deve ocorrer conforme o cenário epidemiológico nacional e dos municípios de Juiz de Fora e Governador Valadares. Segundo a resolução aprovada pelo Consu, as unidades deverão organizar a força de trabalho, podendo alternar as equipes, se necessário, nas atividades presenciais e remotas.

Entre os protocolos, será respeitado o limite de 50% da capacidade de cada espaço, o distanciamento de 1,5 metro entre os trabalhadores, o uso de máscaras, além das demais medidas preventivas constantes nos Protocolos de Biossegurança da UFJF e do monitoramento através do uso do sistema Busco Saúde.

As atividades presenciais na UFJF estavam suspensas desde março de 2020 e tinham sido autorizadas, até então, para situações específicas. A Resolução, que será publicada no site do Consu, agora regulamenta todas as atividades presenciais e garante o trabalho remoto para servidores com comorbidades ou condições específicas listadas no documento. Dentro dos calendários letivos de 2021 e dos suplementares, as disciplinas teóricas também continuam sendo ministradas de forma remota, conforme já estabelecido.

Calendário Suplementar aprovado para 2022

A UFJF também divulgou os calendários de 2022 para seis cursos que optaram pelo período suplementar. Os documentos tiveram a aprovação do Conselho Setorial de Graduação (Congrad). O cronograma do ensino suplementar, que já está em vigor, teve início no último dia 4 e vai até o dia 14 de dezembro.

O conteúdo continua após o anúncio

Cumprindo o segundo semestre suplementar, os alunos de Medicina, Enfermagem e Odontologia precisam cumprir o primeiro e o segundo períodos referentes a 2021. Pelo calendário aprovado,  o semestre inicial está previsto para ser realizado entre os dias 3 de janeiro e 9 de maio. O segundo semestre está previsto no cronograma para começar no dia 6 de junho e terminar no dia 5 de outubro.

Após encerrar o primeiro semestre de 2021, os cursos de Farmácia, Jornalismo e Rádio, TV e Internet do campus Juiz de Fora iniciaram o período suplementar. Com isso, ficou pendente a realização do segundo semestre referente a 2021. Com o novo cronograma, esse período será realizado entre os dias 3 de janeiro e 5 de maio do próximo ano. Em sequência, o primeiro período de 2022 está marcado para começar em 6 de junho e terminar no dia 5 de outubro.

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia