Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / chuva / blogs e colunas / obituário / polícia

Comerciante amplia distribuição de quentinhas a caminhoneiros

Repercussão de ação solidária aumentou colaborações; ao menos 200 kits serão distribuídos nesta semana

Por Tribuna

06/04/2020 às 15h05

Voluntários reunidos às margens da BR-040, na altura do posto da PRF (Foto: Arquivo pessoal)

A rede solidária de apoio a caminhoneiros, com entrega de quentinhas, iniciada na semana passada pelo comerciante Guilherme Salim, alcançou outra dimensão. Após repercussão positiva, pessoas tocadas pela iniciativa colaboraram com a ação e impulsionaram as doações, que já beiram os R$ 6 mil, segundo o idealizador. Com a quantia, 200 marmitas foram distribuídas na semana passada, e o grupo segue procurando novos colaboradores para ampliar o auxílio. Nesta segunda-feira (6), outras cem quentinhas foram distribuídas aos motoristas.

“Acabou saindo melhor do que eu esperava”, celebra o comerciante Guilherme Salim. Segundo ele, após a primeira entrega no último dia 30 de março, diversas pessoas entraram em contato, interessadas em apoiar a ação solidária. Com a quantia que ele já havia levantado, outras 50 marmitas foram doadas na quarta-feira, mas o incremento nas doações possibilitaram a ampliação da iniciativa.

Salim entrega kit a um caminhoneiro (Foto: Arquivo pessoal)

Entre os novos apoiadores, a cirurgiã-dentista Simone Ragone tornou-se parceira de Salim e auxiliou na ampliação da distribuição para cem quentinhas doadas conjuntamente com kits contendo sabonete, pasta de dente, papel higiênico, água e chocolate. “Eu vi em redes sociais a iniciativa do Guilherme e me prontifiquei a ajudar. Através de amigos, parentes e clientes, eu consegui arrecadar doações”, conta Simone. Segundo a dentista, a quantia arrecadada até o momento garante nova distribuição na quarta-feira (8), mas a extensão da ação depende de novas doações. “Já temos dinheiro para a ação de quarta. Mas esperamos conseguir mais para continuar”, projeta.

O conteúdo continua após o anúncio

Conforme Guilherme Salim, com a sensibilização causada pelas entregas, caminhoneiros relatam que alguns estabelecimentos de beira de estrada voltaram a abrir as portas para receber os motoristas. Além disso, as ações solidárias iniciadas por Salim passaram a ser comunicadas em redes sociais, gerando, inclusive, segundo ele, aumento no movimento de caminhões nas estradas que cortam Juiz de Fora. De acordo com o comerciante, também são planejadas doações a pessoas em situação de rua da cidade, a depender da adesão de novos colaboradores.

Ações apoiada pela PRF

As iniciativas solidárias de apoio a caminhoneiros ocorrem em Minas Gerais com o apoio da Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais (PRF). Vários pontos da corporação foram disponibilizados pela PRF para ações do tipo, como nas sedes de Juiz de Fora e de Leopoldina, na Zona da Mata. Interessados em realizar doações ou tirar dúvidas podem entrar em contato com a Polícia Rodoviária Federal pelo telefone 191.



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia