Tópicos em alta: sergio moro / dengue / polícia / reforma da previdência / bolsonaro

Confiança e planejamento são ferramentas estratégicas para o sucesso dos implantes

PUBLIEDITORIAL

Por Tribuna

29/05/2019 às 08h28

Foto: Marcelo Ribeiro

Ela é a técnica mais adequada para a repor a perda de um dente ou até mesmo de vários dentes, inclusive, para quem já usa dentadura, resgatando a autoestima, o prazer de sorrir e de dar, sem constrangimento, uma simples mordida na maçã. Com procedimento minimamente invasivo e de eficiência comprovada, os implantes dentários estão cada vez mais acessíveis financeiramente, à medida em que também cresce o número de profissionais capacitados para sua realização. No entanto, alguns cuidados devem ser observados, para evitar o desperdício de dinheiro e de tempo com o retrabalho, além é claro do prejuízo emocional que o insucesso de um procedimento mal feito acarreta para o paciente.

Pioneiros em várias técnicas de implantes praticadas em Juiz de Fora e região, os coordenadores da pós-graduação em implantodontia da Suprema e sócios no Centro de Odontologia Avançada, Rodrigo Guerra de Oliveira e Leonardo Picinini, explicam que a confiança que o profissional desperta no paciente e o planejamento detalhado das etapas que envolvem o tratamento são fundamentais para a maximização dos resultados.

“Às vezes, a extração de um dente é mais complexa que a cirurgia de um implante. É claro que a habilidade cirúrgica conta muito. Nós temos mais de 20 anos de prática, e o que consideramos mais importante é a parceria entre o paciente e o dentista. A confiança, a empatia e o carinho são fundamentais”, observa Rodrigo. A técnica recente denominada carga imediata, por exemplo, reduz para até 24 horas o tempo necessário pra a realização do implante e a fixação de um novo dente. O mesmo vale para soluções que reabilitam a boca inteira.

O implante dentário é realizado a partir da colocação de um parafuso de titânio dentro do osso, abaixo da gengiva. Sua função é fazer o papel da raiz. Sobre esse implante,o dentista fixa o novo dente,em geral, feito em porcelana. Ideal para quem perdeu um ou mais dentes e até para quem usa dentadura.

O tempo de tratamento, no entanto, varia de acordo com as condições clínicas do paciente. “Depois que se perde um dente, o organismo destrói o osso em volta dele. Por isso, algumas pessoas precisarão passar por uma reconstrução, seja de tecido duro (enxerto ósseo), seja de tecido mole (enxerto de gengiva), antes do implante. Por isso, pedimos exames complementares, como radiografia e tomografia. Somente após o diagnóstico é que decidimos, junto com o paciente, o melhor plano de cuidado”, acrescenta Leonardo.

 

Centro de Odontologia Avançada
Av. Barão do Rio Branco, 2406 – Sala 503 – (32) 3213-7040

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail





Desenvolvido por Grupo Emedia