Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Lula mantém agenda em Juiz de Fora dia 11 de maio

Na manhã desta sexta, veículos de imprensa divulgaram que petista cancelaria visita a Minas Gerais, mas informação foi desmentida pela assessoria do ex-presidente


Por Tribuna

06/05/2022 às 10h37- Atualizada 06/05/2022 às 12h34

A assessoria do ex-presidente Lula (PT) confirmou, na manhã desta sexta-feira (6), que o petista cumprirá agenda em Juiz de Fora e em outras duas cidades de Minas Gerais na próxima semana. O comunicado foi publicado após o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, publicar que as visitas em território mineiro não mais aconteceriam. O ex-presidente chega a Juiz de Fora na próxima quarta-feira (11) e, nos dias anteriores, visita Belo Horizonte e Contagem.

A visita de Lula a Juiz de Fora foi anunciada em abril. A chegada em Juiz de Fora vai acontecer na conclusão de uma passagem de três dias em Minas Gerais, começando pela capital Belo Horizonte, na segunda-feira (9). A expectativa inicial era que, na capital, o ex-presidente tivesse um encontro com o ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD), mas as negociações entre o PSD e o PT para acordar apoios nas candidaturas ao governo de Minas e à presidência do Brasil não foram fechados a tempo, de modo que a reunião entre Lula e Kalil não mais acontecerá.

O conteúdo continua após o anúncio

Em Juiz de Fora, a programação da estadia do ex-presidente petista ainda tem detalhes finais a serem acertados. Todavia, informações iniciais dão conta de que Geraldo Alckmin (PSB) vai acompanhar a visita, que terá encontro com lideranças políticas, militantes do PT e uma coletiva à imprensa.

Visita de Lula foi cancelada em 2021

Em 2021, Lula chegou a colocar Juiz de Fora no roteiro em um périplo por Minas Gerais, mas cancelou a visita. Inicialmente, o ex-presidente viria à cidade em 15 de setembro do ano passado. Duas semanas antes da data agendada para a visita, no entanto, a agenda foi reagendada para outubro e, posteriormente, cancelada.

Tópicos: eleições 2022

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia