Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Férias de verão: agências têm maior busca por pacotes de viagens

De acordo com os dados que o boletim apresentou, 100% das operadoras conseguiram realizar vendas para destinos fora do país no mês de outubro.

Por Celso Martins Santos

23/11/2021 às 00h26 - Atualizada 23/11/2021 às 00h26

Nesta quinta-feira, 18, o boletim da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), junto com a UP Soluções foi divulgado. O resultado mostrou uma intenção maior do público nos pacotes de viagens para as férias de verão, que representou 21% das vendas desse setor no mês de outubro deste ano. A próxima data com destaque especial é o Réveillon, com 14%. Em terceira posição está o Carnaval, que ficou com uma margem de cerca de 8% nesse mesmo período. 

Imagem: Freepik

Dados do levantamento 

De acordo com os dados que o boletim apresentou, 100% das operadoras conseguiram realizar vendas para destinos fora do país no mês de outubro. Ainda mais do que isso, no mesmo período, cerca de 73% dos embarques nacionais foram de novas vendas e, no âmbito internacional, 72% dos bilhetes também foram caracterizados como novos pacotes. 

Se for comparado com o mês anterior neste mesmo ano, algo em torno de 93% das operadoras conseguiram apontar um gradativo crescimento em outubro. De acordo com a Braztoa, esse índice está demonstrando que o caminho para volta ao normal, ainda segue em passos pequenos, porém já apresenta uma curva crescente, conforme noticiado pelo portal

O conteúdo continua após o anúncio

Sobre o mercado 

A maior parcela das comercializações ainda se encontra dentro do mercado nacional. De acordo com o ranking dos destinos mais procurados, a primeira localidade é Gramado, em seguida vem Natal e Salvador empatados em segundo lugar e para fechar, Fortaleza, Maceió e Rio de Janeiro dividem a terceira colocação.

Veja também: Passagens aéreas de ida e volta, mais taxas de embarque, por apenas R$ 277; veja destinos

Em se tratando da data de agendamento das viagens para localidades dentro do Brasil que foram comercializadas no mês de outubro, cerca de um quarto desses pacotes foram destinados a embarques no próprio mês da compra, e mais 63% estão destinados para realizações ainda no ano de 2021. Os outros 30% estão reservados para viagens ainda no primeiro trimestre de 2022 e apenas 6% estão destinados ao longo prazo com um maior planejamento e se destinam para o segundo semestre do ano que vem ou até depois. 

“A vontade e a necessidade de viajar para o bem da saúde mental, além das promoções de última hora aliadas às incertezas sobre as fronteiras e suas restrições de circulação, se mantêm refletidas em uma compra muito próxima ao embarque. Ainda fica evidente que o viajante está pesquisando muito e sendo influenciado por amigos e parentes na decisão de escolha do destino”, explicou o CEO da UP Soluções, Sidnei Pfau. 

Celso Martins Santos

Celso Martins Santos

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia