Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

4 atrações turísticas nos principais bairros de São Paulo

Conheça algumas regiões da cidade e suas principais atrações turísticas

Por Celso Martins Santos

17/11/2021 às 23h07 - Atualizada 17/11/2021 às 23h07

São Paulo é uma das maiores cidades do mundo e oferece aos visitantes inúmeras e diferentes experiências para quem está disposto a conhecê-la melhor. O curioso sobre a metrópole é que, diferente de outras capitais do País, suas atrações não se concentram apenas no centro.

Ou seja, independente do bairro que você hospedar ou resolver visitar, haverá lá algo muito interessante para se fazer. Pensando nisso, trouxemos essa seleção de bairros e suas respectivas principais atrações. Confira!

Passeando pelo Jardim Paulista, além de descobrir um dos bairros mais ricos de São Paulo, você terá o privilégio de conhecer a via mais famosa da cidade, a Avenida Paulista (Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil)

1. Morumbi

Quem está buscando apartamentos a venda no Morumbi, certamente está procurando morar com tranquilidade e longe do caos urbano promovido pela capital. Suas ruas calmas e arborizadas oferecem aos moradores uma qualidade de vida acima da média da cidade.

Em termos de entretenimento, além de barzinhos e restaurantes, o visitante poderá conhecer o Estádio do Morumbi, casa do São Paulo Futebol Clube. Além da visita guiada pelo espaço, o Morumbi oferece uma experiência completa em seu “Concept Hall”, com lojas, academia, bares como o Santo Paulo e o restaurante Koji.

2. Pinheiros

Pinheiros é considerado o bairro mais antigo da cidade, com uma história de quase 500 anos. De aldeia a vila, de vila a bairro, a região assistiu de perto o crescimento econômico da cidade mais populosa do País. Hoje Pinheiros é um bairro completo, com infraestrutura pensada para o bem estar de seus moradores, privilegiada localização e ótimas opções de entretenimento.

Dentre as melhores experiências oferecidas pela região, destaca-se o Instituto Tomie Ohtake – inaugurado em 2001 e pensado para abrigar mostras de artes, arquitetura e design nacionais e internacionais. Além das exposições, o enorme edifício que abriga o instituto foi assinado por Ruy Ohtake e é uma das construções mais bonitas da cidade.

O conteúdo continua após o anúncio

3. Vila Madalena

Conhecida por ser um dos bairros mais boêmios da cidade, a Vila Madalena é hoje o lar de muitos artistas, cineastas, arquitetos e publicitários. A região alterna locais de puro entretenimento, recheados de famosos bares e restaurantes, com ruas tranquilas e seguras, perfeitas para a moradia sem precisar se preocupar com o barulho.

Quanto às atrações, como já citado, a “Vila” oferece algumas das melhores opções para o happy hour da cidade. A dica é descer na Rua Aspicuelta e de lá escolher o bar ou restaurante que você considerar mais agradável para passar uma tarde, uma noite ou os dois ao lado dos amigos.

4. Jardim Paulista

A região dos Jardins, composta por 3 bairros (além do Paulista, abriga os “primos” Europa e América) foi pensada para seguir à risca o conceito dos “bairros-jardim” ingleses do início do século XX, ou seja, unindo a tranquilidade e a qualidade de vida do campo com o fácil acesso às oportunidades da cidade – as ruas bastante arborizadas da região ficam sempre a poucos metros de grandes centros comerciais e empresariais.

Passeando pelo Jardim Paulista, além de descobrir um dos bairros mais ricos da capital, você terá o privilégio de conhecer a via mais famosa da cidade, a Avenida Paulista. É lá que fica o MASP, museu mais famoso da cidade e que traz obras de Botticelli, Van Gogh, Salvador Dalí e muito mais!

Ao realizar suas visitas aos bairros, não esqueça de se informar sobre os horários de funcionamento dos espaços e lembre-se sempre de utilizar máscara e higienizar as mãos constantemente.

Boa viagem e até a próxima!

Celso Martins Santos

Celso Martins Santos

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia