Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

MDB prorroga mandato de diretório municipal até dezembro

Por Paulo Cesar Magella

06/09/2021 às 12h19 - Atualizada 06/09/2021 às 12h19

O diretório municipal do MDB terá mandato até o dia 15 de dezembro, quando, necessariamente, por recomendação do comando estadual, terá, como os demais, que fazer a sua convenção. Na última reunião, que teve a presença de 23 dos 42 membros, foi reafirmada a presidência do empresário Paulo Gutierrez. A primeira vice-presidência será ocupada por Orlandsmith Riani, enquanto o médico João César Novais será o segundo vice-presidente. A secretária-geral ficará com o ex-vereador José Sóter Figueirôa – que também faz parte do comando estadual – enquanto o juiz aposentado José Armando da Silveira será o secretário-adjunto. A tesouraria será ocupada por Marcelo Anes, enquanto Cosme Moura e Jean Kamil serão o primeiro e segundo vogal respectivamente. O mandato será válido até o dia 15 de dezembro por recomendação da direção estadual que, na sua última reunião, deliberou também pela realização de convenções municipais no período de 15 de outubro a 15 de dezembro. O partido definiu, ainda, a criação de 15 coordenadorias regionais, atendendo sugestão de José Sóter Figueirôa, após o ex-deputado Adalclever Lopes ter retirado seu projeto de 19 unidades. Seus titulares ainda serão definidos. Em Juiz de Fora, durante várias gestões, esse posto foi ocupado por Orlandsmidt Riani.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia