Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Jogos de azar

Por Leandro Mazzini e Walmor Parente (com Carolina Freitas e Sara Moreira)

11/03/2022 às 07h00 - Atualizada 10/03/2022 às 22h11

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (Progressistas-PI), e os evangélicos declararam guerra novamente nos bastidores. O motivo: o projeto que legaliza os jogos de azar no Brasil, já aprovado na Câmara dos Deputados e agora em análise no Senado. Ciro faz negociação junto aos colegas senadores pela aprovação da proposta. Ele, inclusive, é autor de um projeto (PLS 186/2014) de mesmo teor que tramitou anos atrás no Senado.

Veto

Às queixas feitas pelos evangélicos, Bolsonaro reafirma que vetará o texto caso seja aprovado no Senado.

Resistência

Apesar da negociação do chefe da Casa Civil, o projeto enfrenta resistências. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), não esboça interesse em levá-lo adiante.

Consolo

Presidente do PSD, Gilberto Kassab procurou contemporizar a esperada renúncia de Rodrigo Pacheco à disputa à Presidência: “Ele entendeu não ser o momento adequado”.

Liberou geral

Secretários de Saúde de todo o país não se opõem aos decretos estaduais que desobrigam o uso de máscaras. No Distrito Federal, o acessório não precisa ser mais usado nem em locais fechados.

Por ora

À Coluna, o presidente Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Carlos Eduardo de Oliveira Lula, posiciona: “Por ora, a maioria (dos secretários) aguarda o que vai acontecer durante o mês de março”.

O conteúdo continua após o anúncio

Vultoso$

A Secretaria-Geral da Presidência ignora a intimação da Comissão de Fiscalização do Senado que pede os extratos dos vultosos gastos com cartões corporativos. Sequer confirma se recebeu a representação dos senadores aprovada há duas semanas.

Sisudo

Após o enterro da candidatura do deputado falastrão (“Mamãe Falei…M”), Arthur do Val, o general Santos Cruz está pronto para assumir o front da disputa ao governo de São Paulo pelo Podemos. Tem andado até menos sisudo nos últimos dias. “Desqualificado”, resumiu o general após ouvir as baboseiras de Arthur do Val.

Fertilizantes

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) quer informações do governo federal sobre a venda da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-III), da Petrobras, instalada em Três Lagoas (MS), para a empresa russa Acron.

Mais negócio

Com as sanções econômicas impostas à Rússia, Tebet acredita que seria mais negócio entregar a planta industrial para algum grupo brasileiro, reduzindo a dependência do Brasil em relação ao insumo utilizado na agricultura.

Danos morais

Vítima de agressões verbais durante um voo, o deputado José Guimarães (PT-CE) ganhou ação contra Gilberto Alves Júnior, que terá que pagar R$ 7 mil ao parlamentar por danos morais. Guimarães pretende destinar o dinheiro para a compra de cestas básicas.

Extorsão

Relatório Fast Facts, da Trend Micro, com análise do cenário mundial das ameaças digitais, de janeiro a dezembro de 2021, mostra que o Brasil é o país que mais envia ameaças de extorsão e sextorsão (chantagem sexual). Os Estados Unidos são o principal alvo de extorsões.

Corrida

Senador Eduardo Girão (Podemos-CE) está preocupado com a corrida armamentista mundial. Cita que, em 2021, os países investiram US$ 2 trilhões em armamentos. Girão também lembra que, para este ano, o orçamento das Forças Armadas do Brasil é de R$ 8,8 bilhões. As áreas da Saúde e Educação terão R$ 4,7 bi e R$ 3,6 bi, respectivamente.

Tribuna

Tribuna

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia