Tópicos em alta: outubro rosa / top of mind 2019 / sarampo / CPI dos ônibus / polícia

Fala Quem Sabe: Vale a pena investir no esporte?

Por Cesar Romero

22/09/2019 às 08h00 - Atualizada 20/09/2019 às 21h29

Fala Quem Sabe

Vale a pena investir no esporte?

O que você entende por investimento? Em uma definição de dicionário algo do tipo… “aplicação de recursos, tempo, esforço a fim de se obter algo”; “aquisição de bens, prevendo posterior utilização do bem ou consumo para se obter retorno”. Há tantas definições e múltiplos significados que encheríamos uma página. Ainda assim arrisco dizer que, por melhor que sejam nenhuma delas conseguiria descrever o retorno de um investimento no esporte. E quando falo de esporte me refiro a toda e qualquer modalidade, sem exceção, sem pormenores. O esporte é algo que, diria, está acima de qualquer suspeita.

O conteúdo continua após o anúncio

Tem aqueles que amam, tem aqueles que se viciam, tem aqueles que gostam e não praticam. Mas nunca conheci ninguém que tenha algo contra. E a resposta para isso é simples: o esporte
agrega, gera qualidade de vida, promove a saúde e faz bem até para o humor! Quem me conhece poderia dizer que sou suspeita por esse discurso favorável, afinal, em quase toda minha vida profissional, o marketing esportivo me acompanhou. E por essas oportunidades pude conhecer o seu poder de fogo. Entendi que, independente de ser saltando de paraquedas, no automobilismo ou fazendo uma prova de corrida de rua há algo muito forte e maior que as individualidades de cada modalidade que deslumbra quem pratica. Diria que é o encantamento da superação que, junto com as descargas de adrenalina que nos fazem sentir poderosos, super-homens e supermulheres.

Então, vale a pena investir no esporte? Sim! Acredite! Vale investir, você como pessoa física para você mesmo. Vale você, como pessoa jurídica, investir para os outros. Em ambas as situações os benefícios serão facilmente percebidos. Para você saúde, superação de limites, sociabilidade; para uma empresa, a oportunidade de construir uma corporação e uma marca que geram simpatia e que mostram às comunidades em que estão inseridas que o crescimento só pode ter valor se for responsável e servil.

Mas claro que, como todo investimento, algo pode dar errado, sair do rumo e não alcançar os efeitos que você almejava. Pode ser que você esteja em busca de perder peso e que isso não ocorra, pode ser que sua empresa apoie um atleta que não está conseguindo alcançar títulos, pode ser que um evento esportivo que você patrocinou não fez tanto sucesso assim. Mas ora, sejamos menos rasos nas nossas avaliações. Se tudo der errado basta começar de novo, porque o esporte vai te permitir sempre tentar outra vez.

(Keley Lopes é gerente de comunicação e marketing do Rodoviário Camilo dos Santos e leitora convidada)

Cesar Romero

Cesar Romero

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia