Tópicos em alta: delivery jf / eleições 2020 / coronavírus / greve / polícia

Fala Quem Sabe – Dia Internacional da Mulher

Por Cesar Romero

08/03/2020 às 07h40 - Atualizada 06/03/2020 às 20h35

Fala Quem Sabe: Dia Internacional da Mulher

Há 45 anos, foi oficializado o 8 de março como Dia Internacional da Mulher pela ONU. É comum recebermos homenagens neste dia, mas pouca gente se lembra que a origem da celebração vai muito além da imagem de mulher sorridente, elegante e cheirosa. Todas as discussões acerca do fato inicial desencadeador desse marco histórico convergem para existência de diferenças no ambiente social, sejam elas no trabalho ou na política.

A versão mais difundida para o dia foi o incêndio no dia 25 de março de 1911 em Nova Iorque, onde 125 mulheres e 21 homens morreram em uma fábrica. O acidente ocorrido em plena Revolução Industrial, devido às más condições de trabalho, reforça a origem operária da celebração. O trabalho e sua inserção social estão, pois, no cerne desta data.

O conteúdo continua após o anúncio

A tomada de consciência sobre a questão trouxe regulamentação para a proteção das mulheres, inclusive no mercado de trabalho. Todavia, exceptuadas algumas situações excepcionais que apenas confirmam a regra, ainda hoje, a população economicamente ativa do mundo conta com apenas metade das mulheres com idade de trabalhar (os homens são 76% desse lote), grande parte delas em empregos com menor qualificação e salários mais baixos. A outra metade está na economia informal ou no trabalho de casa. O tema da campanha de 2020 #EachforEqual (cada um pela igualdade) sinaliza para a atual responsabilidade de todos nesta luta.

Acabar com o déficit na participação produtiva e melhor dividir o trabalho doméstico não remunerado são apenas duas facetas do progresso ainda a alcançar. Precisamos falar de democracia paritária, com incremento da participação feminina em liderança, governança e planejamento.


(Martha Halfeld é juíza do Trabalho, do Tribunal de Apelações da ONU e leitora convidada)

Cesar Romero

Cesar Romero

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia