Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Fala Quem Sabe: Gestão da saúde na pandemia

Por Cesar Romero

01/08/2021 às 06h47 - Atualizada 01/08/2021 às 06h47

Fala Quem Sabe

Gestão da saúde na pandemia

A palavra desafio é bastante apropriada quando a prefeita Margarida me convidou para assumir a Secretaria de Saúde de Juiz de Fora. Eu já atuava na pandemia como pesquisadora da faculdade de medicina da UFSJ. Mas assim que assumimos, o país e a cidade entravam na segunda onda da pandemia com explosão de casos e mortes. Além disso, a distribuição irregular de vacinas pelo governo federal trazia dificuldades para estruturar uma campanha de vacinação. Àquele momento, já eram bastante evidentes os impactos da pandemia sobre o sistema de saúde, em diversas dimensões: sociais, culturais, econômicos.

Tal conjuntura exigia que o município identificasse o papel que tinha a assumir. Fizemos isso propondo a Juiz de Fora um pacto pela vida – distinguindo, desde o início, nossa prioridade. A partir de então, constituímos dois grupos de ações.

O conteúdo continua após o anúncio

Primeiramente, foi necessário organizar medidas preventivas. Tratava-se de afirmar a eficiência de medidas que mitigassem a circulação do vírus, engajando a sociedade em torno de ações não-farmacológicas, mas sustentadas em evidências científicas (como o uso de máscaras e o distanciamento social). O Fórum pela Vida, com representantes de diferentes agrupamentos sociais, é símbolo desse momento.

Em segundo lugar, foi necessário operar medidas contingenciais: a ampliação dos leitos de UTI-COVID pelo SUS (aumento de 78%) e de UTI pediátrico (passamos de um para dez). Foi ainda necessário ampliar a capacidade de testagem do município. Nossas UBSs assumiram a responsabilidade de fazer o rastreamento dos casos e, em particular, o de constituir essa grande rede de vacinação, que faz de Juiz de Fora um caso de sucesso – e de orgulho.

Tanto trabalho envolveu outras secretarias municipais, contou com a contribuição da UFJF e ocorre por meio da dedicação de centenas de pessoas. Sem elas, nada disso seria possível. Nosso muito obrigada!

Tenho certeza que em breve voltaremos a nos encontrar e celebrar a vida da forma que mais amamos.

(Ana Pimentel é Secretária de Saúde e leitora convidada)

Cesar Romero

Cesar Romero

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia