Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Loft urbano masculino

Linhas modernas e sóbrias envoltas na sofisticação do preto

Por Luiz Henrique Duarte

19/09/2021 às 07h00 - Atualizada 17/09/2021 às 18h07

Em poucas palavras, em uma definição moderna, loft é um apartamento que mais parece um estúdio, onde os ambientes são setorizados por um mobiliário planejado, projetado para adequar-se ao espaço, mostrando esteticamente a separação dos mesmos. Em sua divisão são incluídos quarto de dormir, sala de estar e jantar, cozinha americana e canto para o home office.

A ideia inicial de um superloft moderno é possuir um pé-direito alto e apresentar uma atmosfera industrial como na maioria dos lofts americanos que seguem a tendência de integrar os ambientes, com exceção do banheiro. Alguns apresentam mezanino, como no bairro nova-iorquino Soho, cenário charmoso de onde surgiram os lofts tradicionais. A partir da década de 1970, morar em um loft transformou-se em moda e, mais do que estilo de vida, um hábito cultural americano.

Os toques de personalidade irão mostrar as preferências dos habitantes e definirão as cores, o melhor aproveitamento e dimensionamento do mobiliário. Em um conceito vanguardista, a decoração desta moradia prática e funcional deverá conectar equilíbrio e harmonia entre os móveis, tons e revestimentos. Em um loft masculino, os elementos fortes contrapõem-se a linhas modernas e sóbrias envoltas através da sofisticação dos tons como cinza e preto.

Outro destaque é usar revestimentos com uma pegada diferenciada, como um papel de parede assemelhando-se a pedras rústicas no quarto de dormir, quebrando os paradigmas. Neste projeto, do “loft urbano “, um espelho generoso sobreposto à parede amplia o dormitório, onde uma poltrona funciona como canto de leitura e relaxamento. O cinza do sofá e mesas centrais arredondadas promovem elegância. O tampo redondo escuro em ébano da sala de jantar contrasta com a bancada americana da cozinha. O couro, linho e madeira têm a função de acolher com sofisticação e simplicidade sem ostentar.

A vegetação natural em pontos estratégicos traz o verde para proporcionar paz e calmaria. A iluminação deverá ser pensada em cada detalhe, com o objetivo de criar cenários que valorizem os objetos e obras de arte usando luminárias e lâmpadas ultraespeciais com linhas contemporâneas. O piso deverá ser uniforme e com um revestimento único, gerando mais amplitude e sofisticação.

O conteúdo continua após o anúncio

Ficha técnica:

Ambiente: 3ª Mostra Essencial
Fotos: Júnior Viana e Brian Dias (Produtora Tower)
Projeto: Aline Vanelli e Moisés Veriato (Veriato e Vanelli – Arquitetura e interiores )

Giro do design

– Este colunista participou da pesquisa da tese de doutorado da arquiteta e lighting designer Juliana Mara Hybiner sobre a “Qualidade afetiva da luz em espaços livres na cidade de Juiz de Fora “.

– O fotógrafo Lufe Gomes (@lifebylufe) falou em uma live sobre como nossas casas são espelhos para nós e como é importante nosso sentimento de pertencimento ao lugar que habitamos.

– As irmãs Andiara Gusmão e Joana Diniz em ritmo de lançamento da nova coleção “Costa Nova”, na Joana Diniz Decoração. É inspirada em uma charmosa praia de Portugal. As roupas e mobiliário para recém-nascidos fazem sucesso quando o assunto é design para bebês.

– O toldo Casabox, com estrutura compacta, moderna e de alta resistência, é destaque na Quatro Cantos, loja especialista em cortinas, papel de parede, tecidos e tudo deste universo de revestimentos sofisticados para todos ambientes de uma casa.

– A personal organizer Mara Raposo está fazendo sucesso com as consultorias em organização. Entre as opções estão as especialidades em organização residencial, pós-núpcias e mudanças, tudo para facilitar a vida e manter sempre a ordem e decoração dos espaços.

Luiz Henrique Duarte

Luiz Henrique Duarte

Sou bacharel em direto, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, arquitetura e tudo relacionado à estética espacial dos ambientes e do bem viver.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia