Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Caminhos profissionais: empreendedorismo e empregabilidade

O desenvolvimento tecnológico e a velocidade da informação, por exemplo, tornou o mercado mais competitivo em todos os segmentos possíveis, fazendo com que tanto empresas como profissionais, precisem estar numa constante busca por autenticidade e inovação.

Por Marcelle Larcher

20/05/2022 às 14h58 - Atualizada 20/05/2022 às 14h58

O mundo é dinâmico, tudo se transforma a todo o tempo e isso tem impacto direto nas diversas áreas da nossa vida.

O desenvolvimento tecnológico e a velocidade da informação, por exemplo, tornou o mercado mais competitivo em todos os segmentos possíveis, fazendo com que tanto empresas como profissionais, precisem estar numa constante busca por autenticidade e inovação.

Como se destacar neste cenário? Quais as possibilidades de ter sucesso no mercado profissional? E o melhor caminho a seguir?

Para entendermos melhor tudo isso, hoje falaremos sobre empreendedorismo e empregabilidade. Boa leitura! 

Vida profissional e possibilidades

Para começarmos a falar sobre vida profissional, a primeira coisa que precisamos desmistificar é de que existe uma fórmula certa para o sucesso, um único caminho.

A concepção de passo a passo: escolher uma profissão, graduar-se, encontrar um bom e duradouro emprego, já deixou de fazer sentido a muito tempo.

O primeiro erro está em acreditar que o diploma da graduação é a única qualificação necessária, a mais importante, quando este é apenas o começo de uma longa jornada de aprendizagem.

O segundo, é conceber apenas uma possibilidade em um mercado que diariamente nos faz refletir acerca de oportunidades, desemprego, baixa remuneração, dentre outras questões.

O sucesso deve ser sinônimo de obstinação, onde você deseja chegar? As oportunidades não vão surgir de repente, é preciso criá-las. Para isso existem alguns caminhos como, por exemplo, ser dono do próprio negócio, capacitar-se em busca da empregabilidade. Vamos compreender melhor cada um desses conceitos?  

O caminho do empreendedorismo

A maioria das pessoas tem o sonho de serem donas do próprio negócio, deixar de reportar-se a uma empresa e investir esforços em algo que possa trazer melhores frutos.

Durante muito tempo, empreender era um caminho visto como distante e impossível para muitas pessoas, afinal, fazer uma empresa prosperar não é simples, requer conhecimento e investimento.

Contudo, com as mudanças do mercado ao longo dos anos, é muito comum observarmos pessoas que ou já começam suas carreiras com esse objetivo, ou que passam a considerar a possibilidade mesmo depois de já estarem atuando para uma empresa.

O conteúdo continua após o anúncio

Empreender é questionar a realidade e enxergar oportunidades de mercado. Isso requer versatilidade, habilidades técnicas, comportamentais, recursos financeiros e um constante senso de criatividade e inovação.

Não basta sonhar, para vencer a competitividade é preciso criar algo que seja diferente do que já existe, solucionando problemas de pessoas, empresas ou da sociedade.

O empreendedorismo pode levar a caminhos como, por exemplo:

  • Atender a uma demanda reprimida em determinada localidade
  • Desenvolver um produto ou serviço novo, criando um público novo
  • Diferenciar-se e chamar a atenção melhorando um produto ou serviço que já existe e é conhecido

O caminho da empregabilidade

A empregabilidade nada mais é que a capacidade de um profissional conquistar um emprego, bem como, como a sua aptidão para manter-se empregado.

Contudo, quando falamos em empregabilidade estamos nos referindo ao desenvolvimento do profissional e não a cargos e oportunidades de trabalho, isso precisa estar claro.

A velocidade com que as coisas mudam no mercado exige que profissionais se mantenham em constante evolução para que possam se destacar em um cenário que cobra alta performance e é altamente concorrido.

A empregabilidade é sobre o conjunto de conhecimentos, técnicos e comportamentais e a capacidade de adequação às novas necessidades e as futuras mudanças.

Profissionais que desejam trilhar esse caminho, precisam buscar pelo desenvolvimento de competências que agreguem diferenciais competitivos como, por exemplo, a capacidade de inovar, de se relacionar e a de oferecer soluções criativas para problemas comuns do cotidiano.

Seguir o caminho da empregabilidade implica:

  • Adaptar-se às mudanças do mercado
  • Manter-se atualizado sobre as tendências do segmento em que atua
  • Conhecer novas tecnologias
  • Sempre investir em capacitação
  • Aprimorar habilidades e competências.

 Empreendedorismo e Empregabilidade

Você pode estar se perguntando a importância de entender esses caminhos, e como eles se relacionam.

Como eu mencionei lá no início do texto, precisamos esquecer a ideia de que existe um passo a passo para o sucesso profissional. Se vivemos em um mundo tão mutável e diverso, porque ainda é tão difícil para que profissionais compreendam o seu potencial em desbravar e destacar-se em um mercado cheio de possibilidades?

Empreendedorismo e empregabilidade são conceitos que se encontram no que diz respeito à constante capacitação.

Início, meio e fim se misturam quando falamos em carreira e vida profissional, sempre há algo novo a aprender, seja uma nova habilidade, competência ou profissão em busca da empregabilidade, ou até mesmo, um novo mercado, produto e/ou serviço rumo ao caminho do empreendedorismo.

Marcelle Larcher

Marcelle Larcher

Marcelle atua como Sócia e Diretora Executiva de Carreira do Grupo Larch. Graduada em Pedagogia e Psicologia pelo CES/JF e especializada em Gestão Estratégica de Pessoas pela HSM University. Empresária, empreendedora e gestora no setor de ensino, Marcelle tem mais de 15 anos de experiência em Gestão Educacional e Corporativa, e 26 anos de mercado.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia