Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / na pele delas / chuva / polícia / bolsonaro / eleições 2020

Reforço Nutricional para Idosos

Por Alice Amaral

26/03/2020 às 18h44 - Atualizada 26/03/2020 às 18h50

Chegar na terceira idade é cada vez mais comum, principalmente aqui no Brasil! É o que aponta o último Relatório Mundial de Saúde e Envelhecimento, que revela também que o percentual de pessoas idosas no Brasil, ou seja com mais de sessenta anos, deve crescer mais rápido do que a média mundial.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a OMS, o número de pessoas com mais de 60 anos no Brasil vai quase triplicar até 2050, totalizando 73 idosos para cada 100 crianças. Atualmente, a população idosa brasileira totaliza 23,5 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística, o IBGE.

Com o envelhecimento, o nosso organismo passa por mudanças significativas, como, por exemplo, a diminuição das funções orgânicas do corpo, fazendo com que a necessidade de suplementar vitaminas e minerais fique mais indispensável. Isso acontece porque, durante o processo de envelhecimento, o corpo perde massa muscular, energia e, em contrapartida, ganha massa gorda.

O conteúdo continua após o anúncio

A suplementação é necessária mesmo para aqueles que não praticam atividades físicas ou que queiram melhorar sua performance, ela deve ser importante para qualquer idoso.

Fazer o reforço nutricional favorece vários processos do corpo, como o sistema imunológico e na proteção das células sadias contra a ação oxidante dos radicais livres. Alguns nutrientes podem melhorar o sistema imunológico, baixar a pressão arterial e aliviar a inflamação, beneficiando a saúde cardiovascular. Auxiliam a retardar o avanço da degeneração muscular relacionada à idade, podendo ainda reduzir o risco de sintomas de catarata.

É importante lembrar que a necessidade de suplementação é particular e específica,por isso, alguns precisam repor proteínas, mas outros vão precisar da reposição de minerais e vitaminas. Portanto, se aconselha que qualquer suplementação deva ser orientada por um profissional médico de confiança.

Alice Amaral

Alice Amaral

Médica - Título de Especialista em Nutrologia – RQE 9884 - Título de Especialista em Medicina do Esporte – RQE 9895 - Título de Medicina Física e Reabilitação - RQE 44090

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia