Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / chuva / polícia / obituário

Nadadora vence prova de torneio nacional em participação destacada do Bom Pastor

Organizado pela CBDA, Torneio Integração Nacional teve a participação de mais de 4 mil atletas de todo Brasil em disputa adaptada pela pandemia; Paula Ferrari liderou os 100m peito

Por Iuri Fontana, estagiário sob a supervisão do editor Bruno Kaehler

13/01/2021 às 19h28

Sugestão de legenda: Parte da equipe do Clube Bom Pastor, com Paula Ferrari (4ª em pé da esq. pra dir.) que tem treinado e competido seguindo protocolos sanitários por conta da pandemia(Foto: Arquivo Clube Bom Pastor)

Após um longo período de inatividade, os jovens atletas da natação do Clube Bom Pastor voltaram a participar de uma competição organizada pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). O 1° Torneio Integração Nacional foi realizado de forma diferente das competições tradicionais por conta da pandemia. No fim de dezembro do ano passado, mais de 4 mil atletas de todos os 26 estados do país e Distrito Federal caíram na água em seus respectivos clubes e tiveram seus tempos contabilizados. Ao todo foram 22 mil provas. Os resultados finais foram tabulados e, na última segunda-feira (11), a CBDA divulgou o ranking nacional da competição, com resultados positivos conquistados pela equipe juiz-forana e destaque para a atleta Paula Ferrari, primeira colocada nos 100m peito da categoria Juvenil 2.

A nadadora, de 16 anos, ficou entre as três melhores nos 200m peito (2° lugar), 200m medley (2° lugar) e 100m livre (3° lugar). Segundo a atleta, a experiência foi muito diferente da convencional e, mesmo em “casa”, o nervosismo permaneceu.

“Não tínhamos torcida nem competidores de outros clubes e foi uma coisa mais interna. Os pontos positivos disso tudo é que a piscina foi a mesma em que treino todos os dias, então já a conhecia. Não houve o deslocamento, então favoreceu bastante no descanso. Mesmo com todos as adversidades, o nervosismo sempre permanece, porém dessa vez de forma reduzida, também pelo fato de ter iniciado a prova confiante de que sairia o melhor tempo. O que mais chamou a atenção foi a equipe unida, de várias categorias diferentes. O estímulo dos atletas e treinadores é o verdadeiro significado de um time unido”, avaliou Paula.

O conteúdo continua após o anúncio

Com o bom desempenho, a atleta agora segue os treinamentos mirando o índice do Troféu Brasil, competição nacional que também é uma seletiva olímpica e uma das competições mais importantes do país. Para isso, ela precisa diminuir um segundo e meio do tempo obtido, de 1:14.25.

Mais destaques

Além de Paula, outros atletas do Bom Pastor conquistaram importantes colocações. Na categoria Junior 1, Eduardo Vasconcelos conquistou o terceiro lugar nos 200m medley. Já na categoria Infantil 2, Claudio Lima ficou em segundo nos 200m borboleta e terceiro nos 100m borboleta, nos 200m costas e nos 100m costas. Na Infantil 1, Heitor de Paula conquistou a terceira colocação nos 400m medley.

De acordo com o treinador da equipe Álvaro Luiz Maciel, diante do tempo em que os nadadores precisaram ficar longe das piscinas, o resultado obtido se torna ainda mais especial. “Todos os atletas terminaram a temporada com suas melhores marcas pessoais. Eles se empenharam bastante, mantiveram o foco, a determinação e acreditaram no planejamento da comissão técnica. Ao avaliar a temporada após uma inatividade de cinco meses sem piscina, apenas mantendo trabalho fora d’água e retornando os treinos na água depois de um longo período, os resultados foram bastante expressivos. Agora é começar 2021 com mais empenho e tentar melhorar ainda mais as colocações.”



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia