Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Com dois gols de Pedro e um de Arana, Seleção Olímpica vence amistoso contra Sérvia

Estreia do Brasil nos Jogos de Tóquio está marcada para 22 de julho, contra a Alemanha


Por Gazeta Press

08/06/2021 às 17h07

O Brasil encerrou sua participação em amistosos preparatórios para as Olimpíadas de Tóquio, nesta terça-feira. Os brasileiros venceram a Sérvia por 3 a 0, no estádio Marakana, em Belgrado.

Em relação ao time titular que perdeu para Cabo Verde, Cleiton, Rodrygo e Antony deram lugar a Brenno, Malcom e Gabriel Martinelli.

A equipe de André Jardine teve amplo domínio sobre a equipe da casa. O primeiro gol saiu na etapa inicial, aos 33 minutos, com Guilherme Arana, após cruzamento de Gabriel Menino. No segundo tempo, Pedro marcou aos 29 e aos 31, com assistências de Malcom e Arana.

A Seleção Olímpica volta a campo no dia 22 de julho, pela estreia nos Jogos de Tóquio, contra a Alemanha, no estádio de Yokohama.

O conteúdo continua após o anúncio

O jogo

Mesmo fora de casa, o Brasil não se intimidou no primeiro tempo. A única oportunidade dos sérvios foi em uma finalização pra fora de Vidosavljevic. A primeira grande chance surgiu aos 11. Em cobrança de escanteio, Claudinho achou Pedro que, de cabeça, acertou o travessão. Pouco tempo depois, Malcom arriscou de longe e obrigou a defesa em dois tempos de Gordic.

O gol do Brasil saiu de uma jogada de lateral para lateral. Malcom tocou para Gabriel Menino, que cruzou para grande área e achou Guilherme Arana que, sem deixar a bola cair, acertou um belo chute sem chances para o goleiro e abriu o marcador, aos 33 minutos.

Nos instantes finais o Brasil chegou perto de ampliar o marcador. Pedro acertou o travessão, a bola pingou dentro do gol e saiu. Sem o VAR, não foi possível rever se a bola entrou inteira ou não.

No segundo tempo, os anfitriões começaram assustando. Milosavljevic cruzou na pequena área e Gabriel Magalhães salvou. A partir de então, os visitantes voltaram a dominar as ações em campo.

Martinelli teve duas grandes oportunidades, mas chutou para fora em ambas. Aos 29, o Brasil ampliou sua vantagem. Malcom tocou para Pedro, que fintou o goleiro e tocou pro gol vazio. Dois minutos depois, o atacante do Flamengo fez o terceiro. Após cruzamento de Arana, Pedro deu leve desvio para o fundo das redes.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia