Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Licitação de táxi ocorre hoje


Por GRACIELLE NOCELLI

17/03/2015 às 06h00

A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) recebe hoje as propostas dos taxistas interessados em participar da licitação para a concessão de 105 novas placas. Após a abertura dos envelopes, os documentos seguem para avaliação. Ainda não há data definida para a divulgação dos resultados. A expectativa é que, pelo menos, 800 interessados participem da concorrência, que não sofrerá nenhuma alteração, apesar da ação ajuizada pela Associação dos Taxistas na última sexta-feira, na 2ª Vara de Fazenda Pública, pedindo o cancelamento do processo licitatório.

O advogado da entidade, Robson Santiago de Freitas, informa que a entidade protocolou uma impugnação ao edital da concorrência que foi encaminhada à Comissão Permanente de Licitação (CPL), tendo o órgão um prazo de três dias úteis para formalizar resposta. “Diante da negativa da Prefeitura sobre o cancelamento da licitação, decidimos acionar à Justiça. Entendemos que há irregularidades referentes ao valor da outorga e que ferem a legislação vigente.” A assessoria da Settra declarou que a pasta “não foi notificada sobre o assunto” e destacou que o processo de licitação “segue sem modificações”.

O conteúdo continua após o anúncio

O edital prevê que os novos veículos serão assim distribuídos: 50 convencionais, 50 adaptados e cinco híbridos. Eles deverão ter sistema GPS, câmera de vigilância e taxímetro biométrico. Os vencedores da licitação dos táxis convencionais deverão recolher a outorga de R$ 20 mil. Já os ganhadores das placas para táxis adaptados e híbridos estarão isentos. Para a Associação dos Taxistas, a cobrança de R$ 20 mil irá fomentar o esquema ilegal de locação de placas. “O taxista que não tiver dinheiro para arcar com todos os custos poderá recorrer a alguém que tenha e, assim, haverá a continuidade de um sistema ilegal com pessoas que não trabalham no táxi sendo donos de placa”, explica o presidente da entidade, Luiz Gonzaga.

Com a da licitação, a frota de táxis da cidade passará dos atuais 545 carros para 650. A previsão é que os novos carros comecem a circular no segundo semestre.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia