Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Ummagumma faz show na sexta-feira

Cultural Bar recebe uma das mais conhecidas bandas cover do Pink Floid neste fim de semana, junto com Acoustic N’ Roll, Varanda, Berilo e Celsin


Por Tribuna

03/12/2021 às 07h00

 

Ummagumma
Último show do Ummaguma antes da pandemia foi no Cultural Bar (Foto: Divulgação)

O show, na verdade, é um grande espetáculo audiovisual. Como a banda mesmo fala: “Com um repertório para fã nenhum de Pink Floyd botar defeito”. O Ummagumma, bastante conhecido do público local, faz show em Juiz de Fora nesta sexta-feira (3), a partir das 20h, no Cultural Bar. Além deles, a casa vai contar com shows de Acoustic N’ Roll, Varanda, Berilo e Celsin.

O conteúdo continua após o anúncio

A cidade já faz parte do calendário de shows da banda. O próprio Cultural foi palco diversas vezes, inclusive no último show feito na cidade antes da pandemia. Agora, o Ummagumma se prepara para voltar à estrada, prestes a completar 20 anos de história. O pontapé foi dado no último sábado, em Belo Horizonte. De acordo com eles, essa primeira experiência foi o suficiente para “dar um gás” na retomada de apresentações de perto com o público.

O show, que passa pelos clássicos, mas não se restringe a eles, ainda vai permitir interação com o público, pela proximidade entre banda e plateia. Por isso, os integrantes esperam nada menos que emoção. O que se soma a isso é que o clássico de Pink Floyd, o álbum “The Wall”, completou 42 anos no dia 30. Ou seja: o que já era indispensável vai ficar ainda mais no show de sexta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia