Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Funcionários da Havan realizam manifestação pela reabertura da loja

Rede afirma não ter relação com o movimento


Por Fabiane Almeida, estagiária sob supervisão da editora Fabíola Costa

28/05/2020 às 17h46

Um grupo de funcionários da Havan se reuniu, na manhã desta quinta-feira (28), no Parque Halfeld, pedindo pela reabertura da loja. O grupo estava uniformizado e teria se direcionado à Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), como ponto final do trajeto.

Funcionários da Havan em frente à Câmara Municipal (Foto: Pepê da Pipoca)

A loja foi interditada pela Semaur na última quarta-feira (27), por suposta violação de restrições impostas pelo Decreto 13.959/2020, que impede o funcionamento de estabelecimentos com mais de uma atividade econômica licenciada e prevista no Cadastro Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). O documento age em conformidade com a adesão do Município ao programa estadual “Minas Consciente”.

O conteúdo continua após o anúncio

Procurada, a Câmara Municipal informou que não recebeu os manifestantes, já a Semaur não quis se pronunciar sobre o assunto. Através de assessoria, a Havan respondeu que não tem qualquer ligação com a manifestação, visto que foi realizada por funcionários, e não pela empresa. No entanto, a mesma demonstrou empatia com a reivindicação.

“De acordo com o departamento jurídico, a empresa está sendo impedida de trabalhar, embora possua reconhecida atividade econômica para tanto. A empresa não tem nada a ver com a manifestação dos funcionários, que, por certo, estão indignados, porque querem trabalhar e temem pelo que está sendo feito pelo estado/município contra a Havan.”

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia