Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Comitê recomenda suspensão das atividades na UFJF até 30 de junho

Entre os motivos da recomendação está a situação crítica de Juiz de Fora e Governador Valadares perante a pandemia


Por Tribuna

26/05/2020 às 20h05

A recomendação vale para campi de Juiz de Fora e de Governador Valadares (Foto: Fernando Priamo)

Nesta terça-feira (26), o Comitê de Monitoramento e Orientação de Condutas sobre o Novo Coronavírus (SarsCov-2) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) enviou nota recomendando a suspensão das atividades presenciais da instituição até 30 de junho.
Entre os motivos da recomendação estão o estado emergencial de Minas Gerais perante a pandemia, a situação crítica de Juiz de Fora e Governador Valadares, expressas através dos boletins epidemiológicos, e também a recomendação do distanciamento social, tanto pela Organização Mundial de Saúde (OMS) quanto pelos núcleos de pesquisa da UFJF dedicados ao caso do Covid-19.

O conteúdo continua após o anúncio

Em nota, o comitê além de indicar a suspensão das atividades presenciais, recomenda a intensificação, dentro das possibilidades, das ações que possibilitem o enfrentamento da Covid-19 e autoriza sua atividade presencial caso sejam respeitadas e asseguradas as condições de segurança necessárias aos envolvidos (docentes, técnicos e discentes).

O grupo ressalta que permanecerá em reunião quinzenal, atento à evolução epidemiológica. Assim, os prazos podem ser alterados de acordo com as circunstâncias da epidemia e as estratégias adotadas que reduzem o impacto na morbidade e mortalidades.

Tópicos: ufjf

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia