Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Juiz de Fora não registra mortes por Covid-19, aponta boletim

Cidade tem 70 pessoas estão hospitalizadas, sete a menos do que no dia anterior


Por Ester Vallim, estagiária sob supervisão da editora Juliana Netto

25/11/2021 às 21h54

Juiz de Fora não registrou mortes causadas pela Covid-19 nesta quinta-feira (25), segundo atualização do boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura. Com isso, o município permanece, no total, com 2.059 óbitos em decorrência da doença.

O levantamento mais recente aponta que, em relação ao número de casos, mais 73 pessoas foram infectadas pelo coronavírus, somando 48.030 infecções. Quanto às notificações de síndrome gripal, consideradas suspeitas de Covid-19, foram 111 novos registros no mesmo período, contabilizando, então, 109.728 casos suspeitos.

Todos os dados do boletim epidemiológico (casos, óbitos e suspeitas) são referentes a moradores de Juiz de Fora. O balanço é disponibilizado pela Prefeitura, no site covid19.pjf.mg.gov.br, criado para divulgar informações sobre o coronavírus.

O conteúdo continua após o anúncio

Internações caem

Até as 19h32, 70 pessoas estavam hospitalizadas em Juiz de Fora com a Covid-19, sete a menos do que o registrado na quarta. Desses, 17 estavam em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) e 53 em leitos de enfermaria.

O boletim epidemiológico ainda aponta que a ocupação de leitos no município, somando as redes privada e pública, estava em 66,37% na noite desta quinta. Em relação aos leitos de UTI do SUS, destinados somente ao tratamento de Covid-19, apenas 13,58% estavam ocupados, enquanto na rede privada a taxa era de 72,58% – mas, neste caso, somando todas as enfermidades.

Nos leitos de enfermaria, a ocupação registrada, para atendimentos de casos da doença, era de 27,48% nos hospitais públicos. O percentual da rede privada não é informado.

Mais de 3.800 aplicações de vacinas

Ainda conforme a PJF, 3.841 doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas nesta quinta, sendo 139 primeiras doses, 2.083 referentes à segunda aplicação e 1.619 de reforço.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia