Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Cisnes do Museu Mariano Procópio ganham três novos filhotes

Nascimento dos animais aconteceu na semana passada; filhotes estão em área separada dos demais

Por Tribuna

22/08/2019 às 12h37- Atualizada 22/08/2019 às 15h48

Filhotes estão em espaço separado dos demais. (Foto: Gil Velloso/PJF)

O Museu Mariano Procópio ganhou três novos moradores: são os filhotes de cisnes negros que, agora, se juntam aos 11 animais da mesma espécie que já viviam no lago do tradicional cartão-postal juiz-forano. A nova ninhada foi chocada entre segunda (12) e terça-feira (13) em uma das ilhas do lago, mas ainda não é possível saber o sexo, já que será necessário fazer exame de DNA para identificar. Após o nascimento, os filhotes foram isolados junto com os pais em um espaço separado para o desenvolvimento inicial dos animais. Eles deverão levar de três a quatro meses para serem transferidos para o lago e, finalmente, poderem ser vistos pelos visitantes do Museu. Nesta quinta-feira (22), os filhotes completam dez dias do nascimento, fato que é importante, segundo a assessoria do Museu, por diminuir as chances de mortalidade dos cisnes. As três aves já foram avaliadas por um veterinário.

O conteúdo continua após o anúncio

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia