Tópicos em alta: cartas a jf / sergio moro / dengue / polícia

Defesa Civil registra 15 ocorrências após temporal

Zona Sul foi a mais afetada, e uma família ficou desalojada após deslizamento de barranco

Por Tribuna

16/03/2019 às 15h07

Pelo menos 15 ocorrências foram registradas pela Defesa Civil após o forte temporal que atingiu Juiz de Fora na noite de sexta-feira (15). A Zona Sul foi a mais afetada, e uma família ficou desalojada após deslizamento de barranco no Bairro Ipiranga. Os moradores foram abrigados na casa de parentes. Outro escorregamento de talude considerado de destaque foi registrado no Sagrado Coração, na mesma região. A terra acumulada ameaça derrubar um muro, mas os residentes não precisaram deixar o imóvel. A Zona Sul também sofreu com alagamentos, principalmente no entorno do córrego de Santa Luzia, como na Rua Ibitiguaia.

Segundo a assessoria da Defesa Civil, os engenheiros da pasta ainda estão em atendimento neste sábado e mais detalhes sobre as ocorrências deverão ser divulgados na segunda-feira. A maior parte dos registros foi referente a deslizamento de barrancos, e não houve vítimas.

O conteúdo continua após o anúncio

Cem milímetros de chuvas

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registrou significativo acumulado de chuvas em Juiz de Fora em vários bairros. O mais atingido foi o Santa Efigênia, na Zona Sul, onde o pluviômetro contabilizou 100 milímetros de precipitações. O Bairro Graminha, na mesma região, registrou 96 milímetros, e Igrejinha 76 milímetros.

Pelos registros oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o acumulado na cidade foi de 76 milímetros, sendo que 40 caíram em uma hora, o que é um valor considerável. Para efeitos de comparação, em todo o mês de março são esperados em Juiz de Fora 221,1 milímetros de chuvas, conforme a média histórica do Inmet, que leva em consideração o comportamento das precipitações nos últimos 30 anos.

 

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia