Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Cerca de meia tonelada de goiaba é apreendida em fiscalização da PJF

Depósito onde havia caixas de frutas e carrinhos utilizados para auxiliar nas vendas foi interditado

Por Tribuna

15/03/2019 às 20h42

Agentes da Semaur estiveram no local e recolheram frutas, que seriam doadas para instituições de JF (Foto: Divulgação/PJF)

Aproximadamente 560 kg de goiabas, vendidas de maneira irregular, foram recolhidas em uma ação da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) nesta sexta-feira (15). Durante a fiscalização, um estabelecimento localizado na Rua Benjamin Constant, que servia como depósito para o armazenamento das frutas, foi interditado. No local estavam 12 carrinhos e 14 caixas de goiabas com 40 kg cada uma.

O conteúdo continua após o anúncio

O Código de Posturas da cidade determina que alimentos perecíveis e materiais ilegais que são apreendidos não são passíveis de devolução. Desta forma, as frutas apreendidas foram doadas para instituições filantrópicas cadastradas na PJF, como o Centro de Promoção do Menor de Juiz de Fora (Ceprom), Curumim de Santa Luzia, e Lar dos Idosos Luiza de Marillac.

Doze fiscais de postura participaram da ação, que visa coibir o comércio ambulante irregular. A manobra contou também com o apoio da Polícia Militar. Conforme a Semaur, a apreensão garante acessibilidade dos pedestres, uma vez que as mercadorias geralmente são vendidas nas ruas, e os carrinhos têm grande dimensão, o que atrapalha o deslocamento de pessoas.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia