Tópicos em alta: sergio moro / dengue / polícia / reforma da previdência / bolsonaro

Cadastramento escolar 2020 para a rede pública de ensino termina nesta sexta

Processo é obrigatório para aluno obter vaga em escola próxima de sua residência e pode ser feito de modo on-line ou presencial

Por Tribuna

11/07/2019 às 11h20

Iniciado no último dia 1°, o cadastramento escolar para ingresso na rede pública de ensino em 2020 termina nesta sexta-feira (12). O registro é necessário para jovens e crianças garantirem vaga na educação infantil e no ensino fundamental das redes municipal e estadual em instituições de ensino próximas de sua residência. Em Juiz de Fora, o cadastramento é feito de maneira on-line, pelo portal da Prefeitura, e de forma presencial nas próprias escolas, nas regionais, na Praça CEU e no Espaço Cidadão do Centro.

A destinação dos alunos se dá da seguinte maneira: para a pré-escola, a inscrição é para crianças que completam 4 anos até 31 de março de 2020, para o primeiro ano; e as que completam 5 anos até 31 de março de 2020 podem buscar vagas no segundo período.

Já para o Ensino Fundamental, podem ser inscritas crianças com 6 anos completados até 31 de março de 2020, para o primeiro ano; alunos do segundo ao nono ano do Ensino Fundamental que estão fora da rede pública e desejam ingressar no sistema; e alunos de outros municípios que desejam ingressar na rede pública de Juiz de Fora. O registro também deve ser feito por estudantes que desejam cursar a Educação de Jovens e Adultos (EJA) do ensino fundamental.

O conteúdo continua após o anúncio

A inscrição pode ser realizada pela mãe, pai ou por responsável legal que seja maior de 18 anos. Jovens maiores de 18 anos podem fazer a sua própria inscrição no cadastro escolar. Caso os candidatos ou seus responsáveis não tenham acesso à internet, as secretarias de Educação dos municípios onde residem estão disponíveis para oferecer o cadastramento. O procedimento garante a matricula e não tem prazo prorrogável.

Matrícula

Após o cadastramento, é necessário apresentar, no ato da matrícula, os seguintes documentos, em versões originais e em cópias: certidão de nascimento do candidato ou carteira de identidade; CPF do candidato, caso possua; comprovante de endereço, preferencialmente conta de energia recente; comprovante de escolaridade para alunos transferidos de escolas particulares ou jovens que desejam retornar aos estudos.

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia