Tópicos em alta: sarampo / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Fusão de partidos ainda é um tema distante da base política

Por Paulo Cesar Magella

22/08/2019 às 19h00 - Atualizada 22/08/2019 às 16h33

Os tucanos de Juiz de Fora ainda estão distantes das embrionárias conversas para a fusão do PSDB com o DEM, de Rodrigo Maia, e com o PSD, de Gilberto Kassab, como tem sido articulado pelo governador de São Paulo, João Doria, declaradamente pré-candidato à presidência da República. No entendimento de uma liderança local, há temas mais urgentes como a discussão interna em torno do futuro do partido, agora com Custódio Mattos fora do Governo de Minas e a incerteza em torno da posse, ou não, do ex-deputado Marcus Pestana. Além disso, há o fator Aécio. O ex-governador ganhou o primeiro round na tentativa do próprio Doria de expulsá-lo do partido. A Executiva Nacional, por expressiva maioria, rejeito o pedido dos paulistas. O ex-governador tem forte influência em Minas.

O conteúdo continua após o anúncio
Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia