Tópicos em alta: chuva / cerveja contaminada / carnaval / polícia / eleições 2020 / bolsonaro

Privatização da Codemig deixa incerto futuro de prédio da Epamig

Por Paulo Cesar Magella

14/11/2019 às 19h55 - Atualizada 14/11/2019 às 19h55

Engenheiros da Codemig estiveram em Juiz de Fora vistoriando as instalações da Epamig, que, em breve, devem abrigar também a Emater. As duas empresas, salvo alguma mudança de percurso, estão em processo de possível fusão. No entanto, como o governador Romeu Zema tem a pretensão de privatizar a Codemig, a quem pertence o prédio, na Rua Tenente Freitas, em Santa Terezinha, há uma nova preocupação.  Se a privatização se confirmar, o imóvel vai junto? Essa é a questão.

O conteúdo continua após o anúncio

Assembleia acelera votação para facilitar pagamento do 13º dos servidores

Ainda sobre a Codemig. A Assembleia Legislativa deve acelerar a discussão da mensagem do governador Romeu Zema que trata da cessão antecipada de créditos da Companhia. Sua aprovação deve viabilizar operações financeiras para permitir o pagamento do 13º salário dos servidores estaduais ainda este ano. Até a oposição aposta na aprovação do texto. O líder do PT, deputado André Quintão disse que, “cientes das dificuldades financeiras enfrentadas pelo Estado, os parlamentares chegaram a um entendimento para a votação de projetos prioritários para Minas Gerais até o final do ano”.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia