Tópicos em alta: matheus goldoni / CPI dos ônibus / polícia / bolsonaro / reforma da previdência

Doria volta a falar aos mineiros

Por Paulo Cesar Magella

09/02/2019 às 17h38 - Atualizada 09/02/2019 às 17h38

O governador de São Paulo, João Doria, tem utilizado vários eventos para vender o seu discurso político já com vistas às eleições de 2022, quando ele, possivelmente, vai tentar a Presidência da República. Na próxima terça-feira (12), ele estará em Belo Horizonte. A convite do jornalista Paulo César Oliveira, participará do Conexão Empresarial, evento promovido pelo jornalista e pelo seu filho Gustavo, com participação de lideranças empresariais e políticas de todo o Estado. Um grupo de Juiz de Fora já confirmou presença.

Início da reforma

O prefeito Antônio Almas reuniu sua equipe na última sexta-feira para dar o pontapé inicial nas reformas aprovadas pela Câmara Municipal. Quem não foi convidado certamente estará fora do projeto, que implica fusão de secretarias e redução no quadro de comissionados. A meta é fazer uma economia suficiente para restabelecer a saúde financeira do município e implementar projetos de interesse coletivo.

O conteúdo continua após o anúncio

Contas públicas

O prefeito segue a mesma trilha do governador Romeu Zema, que também está empenhado em reduzir os custos do Estado e restabelecer a normalidade no pagamento do funcionalismo público. Além das próprias ações de sua equipe, o governador depende da União, o que, necessariamente, deve implicar contrapartidas, como a venda de alguns ativos do Estado.

Dependência direta

Os prefeitos, por seu turno, dependem do governador para recuperar as finanças dos municípios e a capacidade de investimentos em obras e serviços. A equipe econômica de Zema tem dito que os repasses deste ano já estão sendo normalizados, restando apenas estabelecer um calendário para o pagamento da dívida oriunda da gestão Fernando Pimentel.

Bolsa reflete mudanças

As ações preferenciais da Cemig fecharam a semana em alta na bolsa de valores. Os analistas atribuem tal fato à mudança no comando da estatal. Embora só agora comece a lidar com a questão das empresas, o governador anunciou que o presidente, Bernardo Afonso Salomão, será substituído por Cledorvino Belini, com experiência no setor privado. Ele foi presidente de desenvolvimento da Fiat Chrysler Automobile para a América Latina. O mercado gostou.

Paulo Cesar Magella

Paulo Cesar Magella

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia