Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Minas tem mais de 7 mil novos casos de Covid-19 durante o final de semana

Desde sábado, foram 7.804 pessoas contaminadas pelo coronavírus e 235 óbitos, segundo secretaria estadual


Por Tribuna

31/05/2021 às 10h58

A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) somou, desde sábado (15), 7.804 pessoas contaminadas pelo coronavírus e 235 mortes causadas pela Covid-19 em Minas Gerais. Os números foram divulgados pela pasta estadual em boletim epidemiológico nesta segunda-feira (31), de modo que o número de vidas perdidas para a doença chegou a 40.497 desde o início da pandemia.

O número de casos confirmados chegou a 1.572.004, sendo que 1.351.724 são considerados recuperados. Chama a atenção, novamente, o crescimento da quantidade de casos ativos de pessoas contaminadas pelo vírus: são 89.087 pessoas sendo acompanhadas pelas unidades de saúde do estado, o maior número desde o último dia 10 de abril.

O conteúdo continua após o anúncio

O estado também chegou a 137.521 internações causadas pelo coronavírus em hospitais mineiros. Por outro lado, 1.434.483 pessoas contaminadas realizaram apenas isolamento domiciliar.

Juiz de Fora

A SES-MG confirma 32.164 casos de contaminação pelo coronavírus, além de 1.623 óbitos por Covid-19 em Juiz de Fora. O último informativo da Prefeitura de Juiz de Fora, com os dados de contaminação e óbitos pela doença, divulgado na última sexta-feira (28), indicava 1.628 vítimas fatais acometidas pela doença, além de 33.787 confirmações de contaminação.

Dez milhões de doses recebidas

Segundo o informativo, 4.824.163 pessoas foram vacinadas contra o coronavírus em Minas Gerais até o momento, enquanto 2.343.340 delas já foram imunizadas com as duas doses. O estado recebeu 10.040.564 unidades de vacinas do Ministério da Saúde, sendo que 8.828.983 já foram encaminhadas aos municípios mineiros. Em Juiz de Fora, o “vacinômetro” municipal confirma 180.081 pessoas vacinadas no município, sendo que 75.508 já receberam as duas doses.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia