Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Gol inicia venda de passagens para SP


Por Tribuna

21/01/2015 às 07h00- Atualizada 21/01/2015 às 15h48

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes inicia hoje a venda de passagens para a rota Zona da Mata – São Paulo, que será operada por meio dos aeroportos Presidente Itamar Franco, localizado entre Goianá e Rio Novo, e Congonhas, na capital paulista. A compra pode ser efetuada pelo site da companhia (www.voegol.com.br) e, até ontem, não tinha previsão de valores, conforme informações da assessoria da empresa. O voo, com escala no aeroporto Tancredo Neves (Confins), em Belo Horizonte, começa em 23 de março e terá seis frequências semanais.

Durante todos os dias da semana, exceto aos domingos, o voo sai às 6h45 do Itamar Franco e tem chegada prevista às 7h43 em Belo Horizonte. A mesma aeronave sairá da capital mineira às 8h11 com pouso previsto para 9h40 em Congonhas. No sentido inverso, os voos serão durante toda a semana, com exceção dos sábados, na parte da noite. A saída de São Paulo ocorre às 20h35, a chegada em Belo Horizonte às 22h e o desembarque na Zona da Mata às 23h43. Os voos serão realizados por boeing 737-700, que tem capacidade para 138 passageiros.

O diretor de Planejamento de Malha da Gol, Claudio Borges, destaca que “o lançamento deste trecho reflete a estratégia da companhia de expandir a atuação no interior do país, em especial no estado de Minas Gerais”. Segundo ele, a atuação no Aeroporto Itamar Franco “reforça o investimento e o planejamento da companhia para levar mais conveniência aos clientes e maior conectividade a preços competitivos”.

O conteúdo continua após o anúncio

Na última segunda-feira, 19 de janeiro, a Gol disponibilizou a compra de passagens aéreas apenas para o trecho Zona da Mata-Belo Horizonte com tarifas a partir de R$ 71. Um dia após o início das vendas, os valores já estavam mais altos, a partir de R$ 89. De acordo com a assessoria da companhia, “os valores sofrem variação diária e, por isso, é aconselhável a compra antecipada”.

No país

Também ontem, a presidente Dilma Rousseff sancionou a criação do Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR), conforme publicação feita no Diário Oficial da União (DOU).O projeto tem o objetivo de ampliar o acesso da população ao transporte aéreo a partir do subsídio oferecido às companhias. O valor será de acordo com o trajeto e o consumo de combustível. Por meio de recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), o Governo pretende subsidiar parte dos custos de até 60 passageiros transportados em voos regionais. O programa terá duração de cinco anos, renováveis por igual período, uma única vez.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia